Serra comete ato falho e diz ser a favor do aborto

Thomaz Pires


Em discurso há pouco em cerimônia do PSDB para comemorar seus resultados nas eleições, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, cometeu um ato falho ao falar sobre a legalização do aborto. Serra referia-se às notícias de que a campanha de sua adversária, Dilma Rousseff, e seu partido, o PT, trabalhavam uma estratégia para retirar da pauta do segundo turno a questão. No final do primeiro turno, a incerteza sobre a posição de Dilma a esse respeito a fez perder pontos.


“Estão querendo tirar o aborto da pauta. Eu nunca disse que sou contra o aborto, porque sou a favor o aborto”, disse primeiro Serra, para surpresa da plateia. “Ou melhor, sou contra o aborto”, corrigiu em seguida.

Continuar lendo

Publicidade Publicidade