Saiba quem largou na frente na disputa do Prêmio Congresso em Foco 2017

 

Mais de 4,2 mil pessoas já deixaram registradas suas preferências no Prêmio Congresso em Foco 2017, cuja votação teve início na última sexta-feira (1º). O número considera apenas os “eleitores” cujos votos foram validados, após auditoria interna. O processo de votação digital é fiscalizado pela Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF).

Na primeira parcial, que estamos divulgando no início da tarde desta segunda-feira (4), os senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Paulo Paim (PT-RS) e Fátima Bezerra (PT-RN) foram, em ordem decrescente, os mais votados na categoria “Melhores Senadores”. Entre os “Melhores Deputados”, largaram na frente três deputados do Psol do Rio de Janeiro: Chico Alencar, Jean Wyllys e Glauber Braga.

Veja os números do primeiro boletim parcial

Chico Alencar também aparece, na primeira parcial, como o mais votado na categoria especial “Destaque no combate à corrupção e ao crime organizado”. Nas demais categorias especiais, estão na frente Alessandro Molon (Rede-RJ), na defesa da seguridade social, e Edmilson Rodrigues (Psol-PA), na defesa da seguridade social. O regulamento estabelece que cada parlamentar só pode ser premiado em uma categoria especial, aquela na qual obteve maior votação, devendo os seus votos para as demais categorias ser descartados.

<<Se ainda não votou, vá agora à página de votação

Pela primeira vez, o Prêmio Congresso em Foco homenageará neste ano, além dos políticos escolhidos pela internet, congressistas selecionados por um júri de alto nível. Como já se tornou tradicional, os jornalistas que cobrem o Congresso Nacional também votarão, definindo assim os premiados de duas outras categorias especiais, nas quais serão agraciados respectivamente os cinco senadores e os cinco deputados mais bem avaliados pelos profissionais de imprensa.

<< Você já pode votar no Prêmio Congresso em Foco

Como de hábito, somente estão aptos para a votação parlamentares que não respondem a inquéritos ou ações penais no Supremo Tribunal Federal. De acordo com os resultados da votação pela internet, serão premiados 20 deputados e 10 senadores nas categorias gerais (“Melhores Deputados” e “Melhores Senadores) e cinco parlamentares em cada uma das categorias especiais.

A decisão do júri determinará a seleção de mais dez deputados e cinco senadores, nas categorias gerais, e cinco parlamentares em cada uma das categorias especiais.

>> Veja os números da primeira parcial

>> Outras informações sobre o prêmio

 

Patrocínio:

 

Apoio:

 

Apoio Institucional:

Continuar lendo

Publicidade Publicidade