Cinco nomes na disputa pelo Rio

Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)

Cinco candidatos estão no páreo para a Prefeitura do Rio. Tentando a reeleição e com o apoio do PT e seus populares cabos eleitorais – a presidenta Dilma Rousseff e seu antecessor, Lula –, Eduardo Paes (PMDB) capitaliza neste início de campanha as recentes realizações da cidade em âmbito internacional, como a conferência do meio ambiente Rio+ 20. As conquistas da cidade no setor de segurança pública, com dezenas de favelas pacificadas, embora uma atribuição do governo do Estado, também contam a favor do peemedebista, que tem cerca de um terço das intenções de voto, segundo institutos de pesquisa.

Na oposição a Paes está a chapa de famílias políticas formada pelo deputado Rodrigo Maia (DEM), filho do ex-prefeito César Maia, e sua vice, a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR), filha do deputado federal e ex-governador do Rio Anthony Garotinho. Mesmo com o esteio da experiência de seus pais, Rodrigo e Clarissa figuram atrás do candidato do Psol, Marcelo Freixo, nas pesquisas eleitorais.

Responsável pela CPI das Milícias na Assembleia Legislativa do Rio – papel retratado no filme Tropa de Elite –, Freixo tem como vice Marcelo Yuka, músico (ex-baterista da banda O Rappa) que ficou tetraplégico depois de levar um tiro em assalto na cidade. A identificação de ambos com causas de apelo social levaram diversos artistas a formar uma espécie de comitê cultural de campanha em apoio a Freixo, com adesão de nomes como Caetano Veloso e Chico Buarque. Além dos já mencionados, Aspásia Camargo (PV) e Otávio Leite (PSDB) estão na disputa.

PV – Aspásia Camargo (vice: Alfredo Piragibe – PV)
PMDB – Eduardo Paes (vice: Adilson Pires – PT)
Psol – Marcelo Freixo (vice: Marcelo Yuka – Psol)
PSDB – Otávio Leite (vice: Geraldo Nogueira – PSDB)
DEM – Rodrigo Maia (vice: Clarissa Garotinho – PR)

Continuar lendo

Publicidade Publicidade