Sábado, 29 de Abril de 2017

A disputa em Fortaleza

Dez candidatos concorrem à prefeitura da capital do Ceará

Fortaleza (Ceará)

Fortaleza é outra capital a evidenciar a crise entre PT e PSB, minimizada por ambos os partidos – Belo Horizonte e Minas Gerais são os outros dois focos da indisposição entre as siglas. Dez partidos estão na corrida à prefeitura da capital cearense, que forma com Belém do Pará a dupla de municípios com mais candidatos a prefeito.

O PSB não gostou quando a atual prefeita, Luizianne Lins (PT), insistiu em impor o nome de seu correligionário Elmano de Freitas, secretário municipal de Educação, apoiado pelo PR. Capitaneada pelo governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), os socialistas resolveram, então, lançar candidatura própria e indicar o atual presidente da Assembleia Legislativa de Fortaleza, Roberto Cláudio, com um vice do PMDB na coligação.

Nem PSB nem PT são favoritos, segundo as mais recentes pesquisas. Quem desponta na preferência dos eleitores é o senador Inácio Arruda (PCdoB), em chapa “puro sangue”, ligeiramente à frente do ex-deputado federal Moroni Torgan (DEM), também com vice do partido. Fiel escudeiro da presidenta Dilma Rousseff no Congresso, Inácio também rompeu com o PT em Fortaleza e complica ainda mais os planos petistas de se manter na prefeitura.

Além dos quatro já citados, estão na disputa os seguintes candidatos: Heitor Férrer (PDT), Renato Roseno (Psol), Marcos Cals (PSDB), André Ramos (PPL), Francisco Gonzaga (PSTU) e Valdeci Cunha (PRTB).

PSB – Roberto Cláudio (vice: Gaudêncio Lucena – PMDB)
PT – Elmano de Freitas (vice: Antônio Mourão – PR)
PDT – Heitor Férrer (vice: Alexandre Pereira – PPS)
Psol – Renato Roseno (vice: Soraya Tupinambá – Psol)
PSDB – Marcos Cals (vice: Fernando Hugo – PSDB)
PCdoB – Inácio Arruda (vice: Chico Lopes – PCdoB)
DEM – Moroni Torgan (vice: Lineu Jucá – DEM)
PPL – André Ramos (vice: Lucélio Moura – PPL)
PSTU – Francisco Gonzaga (vice: Nivânia Menezes – PSTU)
PRTB – Valdeci Cunha (vice: Orlancy Marques – PRTB)

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

Deixe um comentário

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade