Fim da verba indenizatória na Câmara Legislativa, apenas uma cortina de fumaça

Daniel Radar *

Deputados distritais querem acabar com a verba indenizatória (que já não deveria existir há muito tempo) e provavelmente vão criar um auxílio combustível e reabrir a gráfica para produção de material para divulgar as “ações dos mandatos”, ou seja, querem trocar seis por meia dúzia e fazer a população de trouxa.

A população já está cansada dessa palhaçada. Muitos dos que estão falando em alto e bom som que são favoráveis ao fim da verba indenizatória foram os que mais gastaram ela durante esses anos todos. Esses mesmos que hoje falam no fim da verba indenizatória são os mesmos que querem a criação do auxílio gasolina e demais regalias.

Querem ser sérios? Então, vamos lá:

- Acabem com a verba indenizatória;

- Cortem a verba de gabinete que é maior que a dos deputados federais;

- Não recriem nenhuma nova mamata;

- Acabem com a verba de publicidade (comunicação institucional) da casa;

- Acabem com as despesas com passagens aéreas e diárias;

- Acabem com os gastos com correspondências;

- Façam uma varredura nos funcionários fantasmas que existem aí e punam os deputados que praticam esse absurdo;

- Façam um pente fino nos contratos que a casa tem com empresas ligadas a parlamentares e seus apaniguados;

Com essas medidas, certamente a Câmara Legislativa do Distrito Federal estaria dando um exemplo de verdade. No mais, não passa de uma cortina de fumaça para passar boa impressão, coisa que há muitos anos não tem.

* Daniel Radar é o autor da página Radar Santa Maria

>> Projeto de iniciativa popular quer tornar Câmara Legislativa do DF mais barata

<< Deputado de Brasília custa mais que federal

<< Observatório Social de Brasília lança campanha para reduzir os gastos da Câmara Legislativa

Continuar lendo