Os deputados com acusações criminais

Levantamento do Congresso em Foco mostra quais parlamentares respondiam a inquérito ou ação penal no Supremo até 30 de abril de 2018, antes da mudança na regra do foro privilegiado. Veja quem são eles, do que são acusados e como se defendem.

Adail Carneiro

Podemos-CE

Inq-4033 – Lavagem de dinheiro

 

Adalberto Cavalcanti

Avante-PE

AP-976 – Crime praticado por funcionário público em geral contra a administração pública

Inq-4695 – Inserção de dados falsos em sistema de informações, estelionato e peculato

 

Adelson Barreto

PR-SE

Inq-4204 – Lavagem de dinheiro e peculato

 

Adilton Sachetti

PRB-MT

AP-947 – Crime de responsabilidade

Inq-4210 – Crime de responsabilidade (denúncia recebida)

Inq-4310 – Crime de responsabilidade

Inq-4632 – Crimes contra a Lei de Licitações e de responsabilidade

 

Aelton Freitas

PR-MG

Inq-3844 – Lavagem de dinheiro

 

Afonso Motta

PDT-RS

Inq-4183 – Investigação penal

 

Aguinaldo Ribeiro

PP-PB

Inq-3989 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

 

Alberto Fraga

DEM-DF

AP-907 – Crimes do sistema nacional de armas

AP-911 – Concussão

AP-930 – Peculato e falsidade ideológica

AP-966 – Concussão

 

Alceu Moreira

PMDB-RS

Inq-3076 – Crimes contra a Lei de Licitações e corrupção

 

Alex Canziani

PTB-PR

Inq-3544 – Estelionato, quadrilha ou bando e falsidade ideológica
O que diz o deputado:

“Sobre o mencionado inquérito, o deputado Federal Alex Canziani desconhece qualquer investigação envolvendo o seu nome junto à Polícia Federal, Ministério Público Federal ou Supremo Tribunal Federal. Ele nunca foi intimado para prestar esclarecimentos, no entanto, coloca-se à disposição para tal.”

 

Alex Manente

PPS-SP

Inq-4007 – Crimes eleitorais

 

Alfredo Kaefer

PP-PR

AP-892 – Crimes contra o sistema financeiro nacional e quadrilha ou bando

Inq-3678 – Crime contra o patrimônio

Inq-3809 – Crimes contra a ordem tributária

Inq-4298 – Crimes falimentares

Inq-4304 – Crimes contra a ordem tributária

Inq-4504 – Estelionato

Inq-4525 – Corrupção

Inq-4600 – Quadrilha ou bando, apropriação indébita previdenciária e estelionato

Inq-4675 – Lavagem de dinheiro

 

Alfredo Nascimento

PR -AM

Inq-4443 – Investigação penal

 

Altineu Cortes

PR-RJ

Inq-3189 – Quadrilha ou bando e peculato

Inq-4232 – Lavagem de dinheiro e corrupção

 

André Moura

PSC-SE

AP-969 – Crimes de responsabilidade

AP-973 – Crimes de responsabilidade

AP-974 – Improbidade administrativa

Inq-3224 – Crime de responsabilidade e quadrilha ou bando

Inq-3594 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

Inq-3905 – Peculato

Inq- 4680 – Crimes eleitorais

Inq-4232 – Corrupção e lavagem de dinheiro

Inq-4680 – Crimes eleitorais

 

Andres Sanchez

PT-SP

Inq-4032 – Crimes eleitorais

Inq-4069 – Apropriação indébita previdenciária

Inq-4070 – Sonegação de contribuição previdenciária

Inq-4077 – Sonegação de contribuição previdenciária

Inq-4341 – Corrupção

Inq-4357 – Crimes contra a ordem tributária

 

Aníbal Gomes

DEM-CE

AP-1002 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-3993 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-4172 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-4371 – Peculato

 

Antonio Balhmann

PDT-CE

Inq-4042 – Crimes contra o sistema financeiro nacional Inq-4503 – Crimes contra o sistema financeiro nacional
O que diz o deputado:

“A propósito de informações solicitadas por vossa senhoria acerca dos inquéritos – 4042 e 4503 – ora tramitantes no Supremo Tribunal federal, temos a informar que tais inquéritos originaram-se em verdade, e são fruto de denúncias insubsistentes e inverídicas e increpacões vazias de autoria dos mais pérfidos opositores políticos do ora subscritor que lamentavelmente permeam a atual política brasileira marcada pela intolerância pelo denuncismo  e que foram levadas por estes mesmos opositores ao respeitável órgão do Ministério Público Federal. Não existe nem se encontram nos mesmos inquéritos acima referidos à comprovação ou sequer indícios da prática de quaisquer irregularidades e ou ilicitudes que possam ser imputadas ao ora subscritor, algo que certamente será devidamente apurado pelo Excelso Supremo Tribunal Federal. Ante o exposto, em verdade, apenas ponho-me a esperar serenamente a confirmação da comprovação da minha absoluta inocência, sendo esta a demonstração da mais pura Justiça que se espera respeitosamente da suprema corte o STF.”

 

Antonio Brito

PSD-BA

Inq-4455 – Investigação penal

 

Ariosto Holanda

PDT-CE

Inq-4378 – Peculato

 

Arlindo Chinaglia

PT-SP

Inq-4461 – Investigação penal

Inq-4479 – Lavagem de dinheiro

 

Arnaldo Faria de Sá

PP-SP

Inq-4232 – Lavagem de dinheiro e corrupção

 

O que diz o deputado:

“No meu caso não há nenhuma denúncia, tem uma apuração pelo fato de ter sido vice-presidente da CPI da Petrobras que apuraria o superfaturamento e a gestão temerária na construção e afretamento de navios de transporte, navios plataforma e navios sonda. E por isso ter convocado o grupo Schahin por causa da sonda Vitória 10.000, que teria sido uma compensação pelo empréstimo do banco Schahin ao PT, até hoje não quitado, pelo episódio Celso Daniel em Santo André.Obs: 1- Na época o grupo negociava delação com o Procurador Janot.2- Recentemente foi decretada a falência das empresas do grupo Schahin.”

 

Arnaldo Jardim

PPS-SP

Inq-4518 – Investigação penal

 

Arthur Lira

PP-AL

Inq-3515 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-3911 – Quadrilha ou bando, lavagem de dinheiro e peculato

Inq-3989 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-3996 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-4405 – Investigação penal

Inq-4631 – Corrupção e quadrilha ou bando

Inq-4659 – Crimes de responsabilidade

 

Assis Carvalho

PT-PI

Inq-3103 – Apropriação indébita previdenciária

 

Átila Lira

PSB-PI

Inq-4693 – Crimes eleitorais

 

Augusto Coutinho

SD-PE

AP-978 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético
O que diz o deputado:

“A AP-978 corresponde a um processo referente à construção de um muro na minha casa de praia por conta do avanço do mar. Não há ilegalidade, pois a ação foi feita com licenças do próprio Ibama e da CPRH. Tanto que vizinhos também foram acionados pela mesma questão e já foram absolvidos na Justiça Federal. Por questão da prerrogativa de foro, o processo que me diz respeito está no Supremo Tribunal Federal, sem previsão de julgamento.”

 

Benito Gama

PTB-BA

Inq-4537 – Crimes eleitorais

 

Betinho Gomes

PSDB-PE

Inq-4125 –  Crimes eleitorais

Inq-4446 –  Investigação penal

Inq-4528 –  Peculato

 

Beto Faro

PT

Inq-3889 – Tráfico de influência

 

Beto Mansur

MDB-SP

Inq-4667 – Crimes contra a ordem tributária

Inq-4454 – Não informado

 

 

Bonifácio de Andrada

DEM-MG

Inq-2757 – Apropriação indébita previdenciária

 

Bruna Furlan

PSDB-SP

Inq-4676 – Crimes eleitorais

 

Bruno Araújo

PSDB-PE

Inq-4391 – Investigação penal

 

Cabo Daciolo

PEN-RJ

AP-961 – Crime contra a segurança nacional e peculato

Inq-4653 – Peculato

 

Caca Leão

PP -BA

Inq-4421 – Investigação penal

 

Caetano

PT-BA

AP-1020 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4511 – Crimes contra a Lei de Licitações e lavagem de dinheiro

 

Cajar Nardes

Podemos-RS

AP-1026 – Crime contra o meio ambiente e o patrimônio genético

AP-1023 – Crime contra a ordem tributária

 

Carlos Bezerra

MDB-MT

AP-520 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-2474 – Não informado

Inq-4639 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Carlos Henrique Gaguim

DEM-TO

Inq-3611 – Falsidade ideológica e corrupção

 

Carlos Zarattini

PT-SP

Inq-4425 – Investigação penal

Inq-4430 – Investigação penal

 

Célio Silveira

PSDB-GO

Inq-4370 – Corrupção

Inq-4613 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Celso Russomanno

PRB-SP

Inq-4422 – Investigação penal

Inq-4623 – Investigação penal
O que diz o deputado:

“Primeiramente gostaria de esclarecer que nos dois casos mencionados, não existem processos e sim inquéritos, ou seja, apuração sobre os fatos.Inquérito 4422 -  Segundo a delação, alegam que alguém, que não sabem dizer quem, pediu em meu nome, doação de R$ 50 mil para minha campanha de 2010.  Estive na Polícia Federal e pedi a apuração irrestrita dos fatos, pois se pediram algum valor em meu nome e sem minha autorização, essa pessoa deverá ser responsabilizada criminalmente. Estou aguardando a apuração dos fatos.Inquérito 4623 – Fui sócio do restaurante Bar do Alemão com apenas 20% de participação. Como o restaurante foi fechado, tentei disponibilizar o gerador para o pagamento de parte dos débitos. Tão logo tive conhecimento que o gerador estava com bloqueio judicial, desisti da venda. Não existe crime ou ilícito algum, pois o gerador não foi vendido, e se quer foi removido do local.Tenho minha consciência tranquila. Minha trajetória íntegra e transparente na vida pública ao longo de mais de 20 anos fala por mim.”

 

César Halum

PRB-TO

Inq-3611 – Peculato, falsidade ideológica e corrupção

 

César Messias

PSB-AC

AP-1006 – Não informado

 

Chico Lopes

PCdoB-CE

Inq-4657 – Crime eleitoral, calúnia e difamação
O que diz o deputado:

“Sobre o inquérito citado, o deputado federal Chico Lopes esclarece que não praticou nenhuma ação ilícita, não criou nenhum perfil, não publicou nem autorizou a publicação de nenhuma informação, muito menos ‘fake news’, relacionada a nenhuma campanha eleitoral de município dentro ou fora do Estado do Ceará, nas eleições de 2016. Assim que solicitado, o parlamentar já prestou as informações necessárias para o pronto e completo esclarecimento do caso, comprovando que jamais praticou qualquer ilícito – penal ou eleitoral – contra qualquer pessoa.”

 

Cícero Almeida

PHS-AL

AP-956 – Crimes de responsabilidade e contra a Lei de Licitações

Inq-3620 – Peculato e lavagem de dinheiro

Inq-4228 – Crimes contra Lei de Licitações

 

Clarissa Garotinho

Pros-RJ

Inq-4672 – Desacato

 

Dâmina Pereira

Podemos-MG

Inq-4086 – Falsidade ideológica, peculato, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-4617 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético

 

Daniel Almeida

PCdoB

Inq-4390 – Investigação penal

 

Daniel Vilela

MDB-GO

Inq-4441 – Investigação penal

 

Danilo Forte

PSDB-CE

Inq-3317 – Crime eleitoral

O que diz o deputado:

“Conforme já respondido ao Congresso em Foco em anos anteriores, o Inquérito 3317 analisa convênio firmado entre a Funasa e o município de Porto Nacional (TO) para execução de obras de saneamento básico. O processo está em andamento e sua existência não indica a ocorrência de eventuais irregularidades.A contratação referida foi precedida da análise de toda a documentação encaminhada pelo município, o que foi analisado por técnicos da Funasa que não identificaram pendências. Em minha gestão, promovi auditorias internas que resolveram pelo afastamento do técnico parecerista citado.Até o presente momento não consta dos autos nenhum indício de prova de minha ligação às supostas irregularidades e tenho plena confiança que o referido Inquérito será arquivado.Minha conduta a frente da Funasa demonstra compromisso com a moralidade e a transparência, reconhecidos pelo Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União em menção de elogio à minha gestão quando alcançamos o objetivo de garantir a execução de serviços com redução de gastos e despesas.

 

Décio Lima

PT-SC

Inq-2851 – Crimes contra a Lei de Licitações e improbidade administrativa

Inq-4457 – Investigação penal

 

 

Delegado Eder Mauro

PSD-PA

AP-1021 – Difamação

AP-989 – Tortura e falsidade ideológica

Inq-4313 –Tortura e lesão corporal

 

Dilceu Sperafico

PP-PR

Inq-4010 – Tráfico de influência

 

 

Dimas Fabiano

PP-MG

Inq-4423 – Investigação penal

 

Edio Lopes

PR-RR

AP-940 – Crimes eleitorais

 

Eduardo Barbosa

PSDB -MG

Inq-3650 – Peculato

 

Eduardo da Fonte

PP-PE

Inq-3989 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-3998 – Corrupção e lavagem de dinheiro

Inq-4118 – Investigação penal

 

Eli Correa Filho

DEM-SP

Inq-4363 – Crimes eleitorais

Inq-4634 – Quadrilha ou bando, corrupção e lavagem de dinheiro

 

Erika Kokay

PT-DF

Inq-3098 – Crimes contra a ordem tributária

Inq-3129 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-3699 – Investigação penal

 

Ezequiel Fonseca

PP-MT

Inq-4249 – Crimes eleitorais

Inq-4297 – Peculato e lavagem de dinheiro

Inq-4602 – Peculato

 

Fábio Faria

PSD-RN

Inq-4452 – Investigação penal

Inq-4618 – Investigação penal

 

Fábio Ramalho

MDB-MG

Inq-3692 – Investigação penal

 

Felipe Maia

DEM-RN

Inq-4399 – Investigação penal

 

Fernando Torres

PSD-BA

Inq-3787 – Lavagem de dinheiro

 

Gabriel Guimarães

PT-MG

Inq-4642 – Corrupção e lavagem de dinheiro

 

Geraldo Resende

PSDB-MS

Inq-3352 – Corrupção

 

Giuseppe Vecci

PSDB-GO

Inq-4550 – Lavagem de dinheiro e crime eleitoral

O que diz o deputado:

O referido inquérito em que aparece meu nome — inq 4550 — foi aberto para investigação sobre suposta lavagem de dinheiro e compra de votos, no Rio de Janeiro, em 2014.
Não sou alvo direto do inquérito.
A associação do caso com o meu nome é apenas inicial, devido à presença de santinhos de minha campanha encontrados no carro do investigado.
Reforço que não sou réu e não tenho qualquer ligação com a pessoa em questão ou com os fatos que geraram o inquérito.
Estou tranquilo quanto ao andamento das investigações e acredito que a justiça será feita.

Giuseppe Vecci – deputado federal.

 

Gorete Pereira

PR-CE

Inq-3922 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Helder Salomão

PT-ES

AP-1004 – Crimes praticados por funcionários públicos contra a administração em geral e a fé pública

 

Heráclito Fortes

DEM-PI

Inq-4453 – Investigação penal

 

Iracema Portella

PP-PI

Inq-3910 – Quadrilha ou bando, lavagem de dinheiro e tráfico de influência

 

Izalci Lucas

PSDB-DF

AP-883 – Crimes eleitorais e falsidade ideológica

Inq-3671 – Peculato

Inq-4161 – Quadrilha ou bando

Inq-4163 – Peculato

 

Jair Bolsonaro

PSL-RJ

AP-1007 – Incitação ao crime

AP-1008 – Apologia de crime ou criminoso

Inq-4694 – Preconceito de raça ou cor

 

Jandira Feghali

PCdoB-RJ

Inq-4366 – Desobediência
O que diz a deputada:

“O inquérito 4366 visa apurar se a deputada Jandira Feghali atuou para impedir o cumprimento de uma ordem da Justiça Eleitoral fluminense em convenção do PCdoB de 2014. Os fiscais buscavam um ato político da coligação Frente Popular, que não ainda não havia sido formalizada. Como presidente estadual do PCdoB em exercício e à frente de uma convenção partidária, Jandira não poderia assinar um documento destinado a uma chapa eleitoral. Vale ressaltar que os mesmos fiscais, sem autorização para impedir o evento, invadiram o local com violência e fizeram uso de spray de pimenta em idosos, mulheres e crianças – o que é inaceitável.Também nos causou estranhamento à época que atos do mesmo teor de outros partidos e no mesmo dia, como o do PMDB, não tenham tido a mesma atenção do tribunal, o que demonstra a arbitrariedade da justiça eleitoral neste episódio. Vamos acompanhar sua tramitação e provar que não houve nenhuma irregularidade por nossa parte.”

 

Jefferson Campos

PSB-SP

Inq-4056 – Crimes eleitorais

 

João Carlos Bacelar

PR-BA

Inq-3701 – Falsidade ideológica e peculato

Inq-3704 – Peculato

Inq-4026 – Falsidade ideológica

Inq-4430 – Investigação penal

Inq-4450 – Investigação penal

Inq-4475 – Falsidade ideológica

 

João Daniel

PT-SE

Inq-4527 – Peculato e lavagem de dinheiro
O que diz o deputado:

“Com relação ao pedido de esclarecimento referente ao Inq-4527 no STF, gostaríamos de informar que, como sabem os que acompanham minha trajetória de militância, bem como o exercício de mandatos parlamentares, jamais cometi qualquer ato irregular, ilegal ou imoral, sobretudo durante o período em que exerci o mandato na Assembleia Legislativa de Sergipe.Cumprindo a Lei Estadual 5.210/2003, indiquei, para o ano de 2014, 72 entidades com trabalho social a serem beneficiadas com recursos de subvenções sociais, das quais apenas 33 efetivamente receberam, somando um montante equivalente a 53% do valor total da minha emenda. Entretanto, o acompanhamento da aplicação desses recursos era prerrogativa da Direção da Casa. Como deputado, não tinha poder para liberar esses valores indicados, nem também cabia a mim acompanhar, fiscalizar e exigir a prestação de contas.Até que se prove o contrário, as entidades sociais que indiquei para receber subvenção são instituições sérias, com trabalho realizado e reconhecido, que, inclusive, não desenvolvem suas atividades apenas com recursos das subvenções, mas, também, através de outros convênios.Como cidadão e parlamentar, respeito o trabalho do Poder Judiciário e do Ministério Público, mas tenho a consciência tranquila quanto ao fato de que a decisão proferida contra mim em primeira instância se baseia em acusações equivocadas e carentes de um arcabouço probatório efetivo, de forma que, no cumprimento do devido processo legal, em instâncias superiores, estou convicto de farei os devidos esclarecimentos, provando, assim, minha inocência.”

 

João Gualberto

PSDB-BA

Inq-4670 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

João Paulo Kleinubing

DEM-SC

Inq-4101 – Crimes de responsabilidade

Inq-4103 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4104 – Crimes de responsabilidade e contra a Lei de Licitações

 

João Paulo Papa

PSDB-SP

Inq-4416 – Investigação penal
O que diz o deputado:

“O presente inquérito refere-se a questões eleitorais que em breve serão esclarecidas pela Justiça. Reitero que todas as prestações de contas das campanhas que participei foram aprovadas pela Justiça Eleitoral. O processo que tramita na Corte já teve seu arquivamento pedido pelo Procurador-Geral da República.”

 

José Carlos Aleluia

DEM-BA

Inq-4388 – Investigação penal

 

José Guimarães

PT-CE

Inq-2994 – Investigação penal

Inq-4259 – Corrupção e lavagem de dinheiro

 

José Mentor

PT-SP

Inq-3995 – Corrupção e lavagem de dinheiro

Inq-4218 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético e quadrilha ou bando

 

José Otávio Germano

PP -RS

Inq-3980 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-3989 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-3991 – Lavagem de dinheiro e corrupção

 

 

José Stédile

PSB -RS

AP-599 – Crimes contra o sistema financeiro nacional

Inq-3825 – Investigação penal

 

Josias Gomes

PT -BA

Inq-4511 – Crimes contra a Lei de Licitações e lavagem de dinheiro

 

Jozi Araujo

Podemos -AP

Inq-4235 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

Inq-4500 – Lesão corporal e ameaça

Inq-4612 – Crimes eleitorais

Inq-4636 – Falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema de informações

 

Julio Lopes

PP -RJ

Inq-3414 – Apropriação indébita previdenciária

Inq-4451 – Investigação penal

 

Jutahy Junior

PSDB -BA

Inq-4397 – Investigação penal

 

Laura Carneiro

DEM -RJ

AP-1014 – Corrupção

 

Lindomar Garcon

PRB -RO

AP-925 – Crimes eleitorais

 

Lucio Mosquini

PMDB -RO

Inq-4006 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Luis Tibé

Avante -MG

Inq-3500 – Crimes eleitorais

Inq-3744 – Concussão e peculato

Inq-4522 – Peculato

 

Luiz Cláudio

PR -RO

Inq-4057 – Corrupção

 

Luiz Fernando Faria

PP -MG

Inq-3980 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-3989 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-3991 – Lavagem de dinheiro, corrupção

Inq-4631 – Corrupção e quadrilha ou bando

 

Luiz Nishimori

PR -PR

Inq-3508 – Quadrilha ou bando e estelionato

Inq-3850 – Quadrilha ou bando

 

Luiz Sérgio

PT -RJ

Inq-4529 – Peculato

Inq-4629 – Corrupção, falsidade ideológica e prevaricação

 

Macedo

PP -CE

Inq-4539 – Crime contra o meio ambiente e o patrimônio genético

 

Magda Mofatto

PR -GO

Inq-4368 – Crimes eleitorais e falsidade ideológica

 

Mandetta

DEM -MS

Inq-3949 – Crimes contra a Lei de Licitações e tráfico de influência

 

Manoel Junior

PMDB -PB

Inq-4232 – Lavagem de dinheiro e corrupção

 

Marcelo Matos

PSD -RJ

Inq-3082 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Marcio Alvino

PR -SP

Inq-3952 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Marco Maia

PT -RS

Inq-4261 – Lavagem de dinheiro

Inq-4332 – Corrupção e lavagem de dinheiro

Inq-4385 – Não informado

Inq-4434 – Investigação penal

 

Marco Tebaldi

PSDB -SC

Inq-3073 – Crimes de responsabilidade

 

Marcos Reategui

PSD -AP

AP-914 – Peculato

AP-942 – Violação do sigilo funcional

AP-945 – Crimes contra o sistema financeiro nacional

Inq-4237 – Crimes contra a Lei de Licitações, falsidade ideológica, quadrilha ou bando e falso testemunho ou perícia

 

Marcus Vicente

PP -ES

Inq-4530 – Crimes contra o sistema financeiro nacional, lavagem de dinheiro, crimes contra a ordem tributária, crimes eleitorais e estelionato

 

Maria Do Rosário

PT -RS

Inq-4398 – Investigação penal

 

Marinaldo Rosendo

PP -PE

Inq-4262 – Crimes de responsabilidade

Inq-4515 – Crimes contra a ordem tributária

 

Mário Negromonte Jr.

PP -BA

Inq-3980 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

Inq-4394 – Investigação penal
O que diz o deputado:

“Acerca dos processos em andamento no Supremo Tribunal Federal de inquéritos sobre o deputado Federal Mário Negromonte Júnior:1) O Ministro Fachin arquivou o Inquérito 4394, atendendo o pedido da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, em 18/04/2018.2) Com relação ao Inquérito 4631, a defesa já apresentou as contestações e os esclarecimentos pertinentes e aguarda a tramitação para que ele tenha o mesmo destino dos demais, ou seja, o arquivamento.”

 

Marquinhos Mendes

PMDB -RJ

AP-937 – Crimes eleitorais

 

Maurício Quintella Lessa

PR -AL

Inq-2893 – Peculato

 

Milton Monti

PR -SP

Inq-4443 – Investigação penal

Inq-4456 – Investigação penal

 

Nelson Meurer

PP -PR

AP-996 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-3014 – Tráfico de influência, crimes militares e contra a Lei de Licitações, corrupção, quadrilha ou bando

Inq-3989 – Lavagem de dinheiro, corrupção e quadrilha ou bando

 

Nelson Padovani

PSDB -PR

Inq-4533 – Crimes eleitorais

 

Nelson Pellegrino

PT -BA

Inq-4395 – Investigação penal

 

Newton Cardoso Jr

PMDB -MG

AP-987 – Falsidade ideológica e crimes contra meio ambiente e o patrimônio genético

Inq-3097 – Lavagem de dinheiro

Inq-3480 – Falsidade ideológica e lavagem de dinheiro

 

Nilson Leitao

PSDB -MT

Inq-3492 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-3631 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-3632 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-3711 – Corrupção

O que diz o deputado:

Em relação ao líder do PSDB na Câmara, Nilson Leitão (MT), dos quatro inquéritos listados, três já foram arquivados. Em relação ao inquérito 3711, o julgamento foi interrompido há dois anos por um pedido de vistas. Já há 2 votos pelo não recebimento da denúncia e restam outros 2 votos a serem proferidos. Ou seja, além da certeza de que é inocente, mesmo que os dois votos restantes sejam pelo recebimento, não existe mais possibilidade de avanço da ação, pois em caso de empate a decisão é pró-réu, como determina a legislação brasileira.
Assessora de Comunicação – Liderança do PSDB na Câmara

 

Nilton Capixaba

PTB -RO

AP-644 – Lavagem, corrupção e quadrilha ou bando

AP-958 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Odair Cunha

PT -MG

Inq-4619 – Investigação penal

 

Onyx Lorenzoni

DEM -RS

Inq-4400 – Investigação penal

 

Osmar Bertoldi

DEM -PR

AP-1013 – Lesão corporal, ameaça, sequestro e cárcere privado e crimes contra a dignidade sexual, estupro.

 

Paes Landim

PTB -PI

Inq-4439 – Investigação penal

 

Paulão

PT -AL

Inq-3620 – Lavagem, corrupção e quadrilha ou bando

 

Paulo Feijó

PR -RJ

AP-694 – Corrupção, peculato e lavagem de dinheiro

 

Paulo Henrique da Costa

PP -CE

Inq-4409 – Investigação penal

 

Paulo Magalhaes

PSD -BA

AP-896 – Crimes eleitorais

 

Paulo Pereira da Silva

SD -SP

AP-965 – Crimes contra o sistema financeiro nacional

Inq-3901 – Corrupção

Inq-4387 – Investigação penal

Inq-4410 – Investigação penal

 

Paulo Pimenta

PT -RS

Inq-3499 – Lavagem de dinheiro

 

Pedro Paulo

DEM -RJ

Inq-4435 – Investigação penal

Inq-4641 – Crimes eleitorais

 

Pr. Marco Feliciano

Podemos -SP

Inq-4312 – Estupro

 

Professora Dorinha Seabra Rezende

DEM -TO

AP-915 – Peculato

AP-946 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

AP-962 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-3789 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

O que diz a deputada:

“As ações tratam basicamente da mesma questão, que é a responsabilização da deputada Professora Dorinha, ex-Secretária de Educação do Tocantins, por atos supostamente irregulares apenas por ela ter sido titular da pasta, o que evidencia a chamada “responsabilidade objetiva do gestor”, tese essa, no entanto, peremptoriamente inaplicável no âmbito penal. No bojo dessas ações, a deputada Dorinha terá a oportunidade de demonstrar a sua total ausência de responsabilidade penal pelos atos supostamente praticados.A defesa se funda, basicamente, no fato de que supostas irregularidades teriam sido praticadas no âmbito de outras pastas, enquanto que outras teriam ocorrido na Secretaria de Educação, mas todas elas sem qualquer participação, direta ou indireta, da Deputada Dorinha, não tendo ela, portanto, agido com culpa ou dolo em tais casos. O acerto da tese da defesa da parlamentar já foi reconhecido pela Justiça Federal do Tocantins, que verificou não haver qualquer conduta criminosa. A mesma decisão foi tomada pelo Tribunal de Contas da União, que não identificou qualquer irregularidade e arquivou o caso.”

 

Raquel Muniz

PSD -MG

Inq-4137 – Lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

Inq-4203 – Crimes eleitorais

 

Rejane Dias

PT -PI

Inq-4604 – Crimes contra a Lei de Licitações
O que diz a deputada:

“O Inquérito Nº 4604, em curso no Supremo Tribunal Federal sob a relatoria do Ministro Marco Aurélio, apura supostas irregularidades em licitação da Secretaria Estadual de Educação referente ao serviço de transporte escolar. Imputa-se à investigada o suposto crime de dispensa irregular de licitação. Como está demonstrado nos autos, não houve a prática de qualquer ilícito na medida em que a parlamentar Rejane Ribeiro Sousa Dias era, na época dos fatos, deputada estadual e não tinha qualquer ingerência administrativa na Secretaria Estadual de Educação, quanto mais em matéria de licitação. Não há nos autos qualquer documento que corrobore a suposta prática de ilícito por parte da parlamentar em tela. Certos na confirmação da inocência da investigada e no arquivamento do presente inquérito, apresentam-se os esclarecimentos acima.”

 

Ricardo Barros

PP -PR

Inq-4157 – Corrupção, peculato e crimes contra a Lei de Licitações

 

Ricardo Teobaldo

Podemos -PE

Inq-4251 – Crimes contra a Lei de Licitações e responsabilidade

Inq-4373 – Crimes contra a Lei de Licitações e emprego irregular de verbas

Inq-4510 – Crimes contra as finanças públicas

 

 

Roberto Alves

PRB -SP

Inq-4127 – Estelionato
O que diz o deputado:

“O deputado federal Roberto Alves não é acusado em nenhum processo criminal no âmbito do STF ou de qualquer instância jurisdicional do país.O caso em andamento na Suprema Corte trata-se, na verdade, de uma investigação (Inquérito 4127) iniciada por denúncia anônima acerca de erros na emissão de notas fiscais de empresa contratada pelo mandato parlamentar. Não há nos autos qualquer acusação específica contra o parlamentar, mas sim indicações de possíveis equívocos cometidos pela empresa de comunicação que prestava serviços à atividade legislativa.A polícia judiciária federal investiga o caso há mais de 9 anos e, infelizmente, não chegou à conclusão sobre os fatos, o que continua trazendo enorme prejuízo à imagem do parlamentar.A demora do Poder Judiciário e da polícia investigativa causa um relevante sofrimento pessoal e político, já que o único resultado, ao final do processo, será o arquivamento das investigações com a conclusão que existiu – na pior das hipóteses – erro burocrático da empresa, mas nada referente à atividade política do deputado federal Roberto Alves.”

 

Roberto Britto

PP -BA

Inq-3876 – Apropriação indébita previdenciária

 

Roberto Góes

PDT -AP

AP-1024 – Crimes contra a Lei de Licitações, peculato e lavagem de dinheiro

AP-916 – PeculatoAP-928 – Crimes contra as finanças públicas

AP-936 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético

AP-949 – Crimes de responsabilidade

AP-970 – Lavagem de dinheiro, quadrilha ou bando, crimes contra a fé pública e contra a Lei de Licitações

AP-984 – Crimes de responsabilidade

AP-986 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

AP-992 – Crimes de responsabilidade e contra a Lei de Licitações

AP-994 – Corrupção e crimes contra a Lei de Licitações

Inq-3950 – Peculato e crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4049 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4253 – Crimes de responsabilidade

Inq-4255 – Investigação penal

Inq-4295 – Crimes eleitorais e peculato

Inq-4485 – Lesão corporal

Inq-4607 – Corrupção ou fraude

Inq-4611 – Lesão corporal

 

Roberto Teixeira

PP -PE

Inq-4000 – Lavagem de dinheiro e corrupção

 

Rodrigo Garcia

DEM -SP

Inq-4420 – Investigação penal

 

Rodrigo Maia

DEM -RJ

Inq-4431 – Investigação penal

Inq-4437 – Investigação penal

 

Rogério Marinho

PSDB -RN

Inq-3026 – Investigação penal

Inq-3386 – Falsidade ideológica e crimes contra a ordem tributária

Inq-4168 – Lavagem de dinheiro

Inq-4474 – Peculato

Inq-4484 – Peculato

Inq-4679 – Crimes eleitorais, corrupção e lavagem de dinheiro

 

Rogério Rosso

PSD -DF

Inq-4277 – Peculato e crimes eleitorais

 

Rômulo Gouveia

PSD -PB

AP-952 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-3736 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Ronaldo Benedet

PMDB -SC

Inq-3933 – Crimes eleitorais

Inq-3939 – Crimes eleitorais

Inq-4214 – Crimes eleitorais

 

Ronaldo Carletto

PP -BA

Inq-4063 – Crimes contra o sistema financeiro nacional

 

Ronaldo Lessa

PDT -AL

AP-1000 – Crimes contra a honra e ameaça

AP-929 – Calúnia

 

Rôney Nemer

PP -DF

AP-923 – Lavagem de dinheiro e corrupção

Inq-3962 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4051 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4080 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Rossoni

PSDB -PR

Inq-4156 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético

Inq-4306 – Lavagem de dinheiro

Inq-4477 – Prevaricação

Inq-4644 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

Inq-4666 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

 

Rubens Otoni

PT -GO

Inq-4350 – Lavagem de dinheiro

 

Sabino Castelo Branco

PTB -AM

Inq-3639 – Peculato

Inq-4523 – Peculato, falsidade ideológica, crimes contra a Lei de Licitações e contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro

Inq-4656 – Investigação penal

 

 

Salvador Zimbaldi

PROS -SP

Inq-4432 – Investigação penal

Sérgio Vidigal

PDT -ES

Inq-4045 – Crimes eleitorais

Inq-4643 – Crimes de responsabilidade e contra a Lei de Licitações
O que diz o deputado:

“A assessoria de imprensa do deputado federal Sérgio Vidigal (PDT-ES) informa que as ações referentes ao Inquérito 4045 já foram julgadas improcedentes na Justiça Eleitoral do Espírito Santo e o deputado acredita que, em breve, serão arquivadas no Supremo.Com relação ao Inquérito 4643, reiteramos que o que está em andamento é um pedido de instauração de inquérito, referente às notícias relacionadas à época do seu mandato no município da Serra, no Espírito Santo. O parlamentar está convicto de que este também será arquivado. Tais denúncias são frutos de divergências políticas, sem fundamentos legais.”

 

Shéridan

PSDB -RR

Inq-3800 – Crimes contra a Lei de Licitações, falsidade ideológica e estelionato

Inq-3975 – Crimes eleitorais

 

Silas Câmara

PRB -AM

AP-864 – Improbidade administrativaInq-3340 – Peculato

 

Subtenente Gonzaga

PDT -MG

AP-944 – Crimes contra o sistema financeiro nacional

 

Takayama

PSC -PR

AP-647 – Peculato, estelionato e crimes contra a ordem tributária

Inq-2771 – Peculato

 

 

Thiago Peixoto

PSD -GO

Inq-4343 – Crimes eleitorais

 

Toninho Pinheiro

PP -MG

Inq-4209 – Crimes contra a Lei de Licitações e peculato

Inq-4272 – Peculato

 

Valtenir Pereira

PMDB -MT

Inq-3653 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4630 – Peculato

Vander Loubet

PT -MS

AP-1019 – Corrupção e lavagem de dinheiro

Inq-2863 – Crimes contra a ordem tributária

Inq-4417 – Investigação penal

 

Veneziano Vital Do Rego

PSB -PB

Inq-4029 – Peculato e crimes de responsabilidade

Inq-4085 – CorrupçãoInq-4122 – Lavagem de dinheiro

Inq-4126 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4229 – Crimes contra a Lei de Licitações

Inq-4328 – Improbidade administrativa

 

Vicente Candido

PT -SP

Inq-4138 – Corrupção e advocacia administrativa

Inq-4448 – Investigação penal

 

Vicentinho

PT -SP

Inq-4403 – Investigação penal

 

Victor Mendes

PMDB -MA

Inq-4658 – Crimes contra a Lei de Licitações

 

Vinicius Gurgel

PR -AP

Inq-3529 – Crimes contra a ordem tributária

Inq-3697 – Crimes contra a ordem tributária

 

Waldir Maranhão

PSDB -MA

Inq-3784 – Lavagem de dinheiro

 

Walney Rocha

PEN -RJ

Inq-4598 – Crimes eleitorais

 

Washington Reis

PMDB -RJ

AP-618 – Crimes contra o meio ambiente e o patrimônio genético e quadrilha ou bando

 

Weverton Rocha

PDT -MA

Inq-3394 – Peculato e corrupção

Inq-3621 – Crimes contra a Lei de Licitações
O que diz o deputado:

“Em resposta às suas perguntas, seguem informações sobre os inquéritos que constam no STFINQ 3621: A atual Relatora, Ministra Rosa Weber, já decidiu que não há o que se falar em peculato da minha parte. Esperamos que os demais Ministros sigam o seu entendimento. INQ 3394: Não há denúncia. Quem pediu a investigação foi o próprio presidente do PDT, Carlos Lupi, para demonstrar, em resposta a uma reportagem da Veja, que não houve qualquer irregularidade. O MPF sequer se manifestou.”

 

Wladimir Costa

SD -PA

AP-528 – Investigação penal

AP-964 – Ameaça

Inq-3010 – Tráfico de influênciaInq-3884 – Peculato

 

Yeda Crusius

PSDB -RS

Inq-4406 – Investigação penal

 

Zeca Cavalcanti

PTB -PE

Inq-4044 – Crimes de responsabilidade

Inq-4082 – Crimes contra a Lei de Licitações e de responsabilidade

Inq-4083 – Não informado

Inq-4084 – Emprego irregular de verbas públicas

Inq-4094 – Crimes de responsabilidade

Inq-4095 – Crimes de responsabilidade

Inq-4120 – Crimes de responsabilidade

Inq-4236 – Crimes de responsabilidade

Inq-4240 – Crimes contra a Lei de Licitações e improbidade administrativa

Inq-4257 – Crimes de responsabilidade

Inq-4364 – Crimes eleitorais

 

Zeca Dirceu

PT -PR

Inq-4445 – Investigação penal

 

Zeca do PT

PT -MS
AP-1016 – Peculato e falsidade ideológica

AP-1017 – Peculato e falsidade ideológica

Inq-4182 – Peculato

Inq-4447 – Investigação penal

Inq-4540 – Peculato e falsidade ideológica

Inq-4541 – Peculato e falsidade ideológica

Inq-4543 – Peculato e falsidade ideológica

Inq-4691 – Investigação penal

Inq-4543 – Peculato e falsidade ideológica

Inq-4544 – Peculato e falsidade ideológica

Inq-4545 – Peculato e falsidade ideológica

Continuar lendo