O que é verdadeiramente “coisa de preto”

Reprodução

"É coisa de preto..."

 

Charles Alcantara*

Coisa de preto…

Querer ser tratado como igual, porque é igual… é coisa de preto;

Recusar-se a ser olhado de cima para baixo… é coisa de preto;

Escolher por si mesmo se quer ser operário, sambista, jogador ou “doutor”… é coisa de preto;

Aceitar ser governado, desde que também seja governador… é coisa de preto;

Não querer mais ser o preferido nas revistas policiais, nem o potencial culpado… é coisa de preto;

Utilizar o elevador social, viajar na janela, frequentar as salas de aula e de estar… é coisa de preto;

Ganhar salário igual por trabalho igual… é coisa de preto;

Orgulhar-se de sua raça e não se perceber como inferior ou superior a ninguém… é coisa de preto;

Rejeitar qualquer piada ou “brincadeira” que fira a dignidade e negue a existência do próximo… é coisa de preto;

Querer o fim do racismo e de toda forma de opressão e preconceito… é coisa de preto.

*Charles Alcantara é auditor-fiscal de Receitas do Estado do Pará e presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco)

<< Globo afasta William Waack depois de comentário racista; vídeo viraliza nas redes

<< Com participação de artistas, ONU lança campanha no Brasil para alertar sobre violência contra negros

Continuar lendo

Publicidade Publicidade