Natan Donadon (PMDB-RO)

Condenado a 13 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em 2010, o deputado federal é acusado de ter participado de um esquema que desviou R$ 8,4 milhões da folha de pagamento da Assembleia Legislativa de Rondônia, em 1995, na Ação Penal 396 (peculato e crimes da Lei de Licitações). Natan recorre da decisão no exercício do mandato. Em tese, está inelegível por oito anos após o cumprimento da pena.

Leia mais sobre parlamentares processados

Continuar lendo

Publicidade Publicidade