Maioria apoia prisão em segunda instância, aponta Datafolha

Marcello Casal Jr./ABr

Lula foi preso após condenação em segunda instância. Mas defesa recorre para que sua prisão só seja decretada se ele perder todas as apelações até a última instância na Justiça

Pesquisa Datafolha feita entre os dias 11 e 13 deste mês mostra que 57% dos entrevistados consideram justo que um acusado seja detido após ter sua condenação confirmada em segundo grau, ainda que possa recorrer a instâncias superiores. O levantamento também indica que caiu o número de pessoas que acreditam que a corrupção diminuirá com a Operação Lava Jato. As informações foram publicadas na edição desta terça-feira (17) da Folha de S.Paulo.

De acordo com o Datafolha, 36% dos entrevistados acreditam que é mais justo que uma pessoa vá para a prisão somente após seu processo passar por todas as instâncias judiciais possíveis. Esse é o argumento da defesa do ex-presidente Lula, preso após condenação em segunda instância. Não souberam responder 6%.

<< Maioria considera justa prisão de Lula e não acredita que ele concorrerá em outubro, aponta Datafolha

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Datafolha ouviu 4.194 pessoas em 227 municípios do país.

Entre as pessoas que declararam o PT como partido de preferência, a tese da prisão em segunda instância é rejeitada por 57%.

Segundo o Datafolha, eleitores que declaram o PSDB como partido de preferência são os que mais acreditam na influência da operação para diminuir a corrupção: 54% deles disseram concordar com essa afirmação.

A corrupção é apontada por 21% dos entrevistados como o principal problema do país, em situação de empate técnico com a saúde, citada por 19% dos eleitores ouvidos.

O levantamento também questionou se a Lava Jato já cumpriu seu objetivo e, por isso, deveria acabar. Defenderam a continuidade da operação 84%. Outros 12% disseram que ela deve ser encerrada, 4% não souberam responder. Em que pese a crítica ao julgamento do ex-presidente, a Lava Jato tem apoio de 77% dos eleitores de Lula.

<< Veja a reportagem da Folha

<< Preso, Lula perde apoio, mas ainda lidera. Sem ele, Marina empata com Bolsonaro, aponta Datafolha

<< Veja os números dos nove cenários traçados pelo Datafolha com diferentes candidatos

Continuar lendo

Publicidade Publicidade