Quinta, 23 de Março de 2017

Lula e Dilma participam de inauguração simbólica da transposição do São Francisco no sertão da Paraíba

Milhares de pessoas acompanham a cerimônia. Objetivo dos petistas é rebater o discurso do atual governo sobre a “paternidade” da obra

 

Francisco Proner Ramos/Mídia NINJA

Ex-presidentes Lula e Dilma são recebidos por milhares de pessoas em Monteiro, no sertão da Paraíba, para celebrar chegada do rio São Francisco no município

 

Os ex-presidentes da República Lula e Dilma foram até o sertão da Paraíba neste domingo (19) participar da inauguração simbólica da transposição do rio São Francisco. Lula foi o responsável pelo início das obras que levaram água até o sertão nordestino, em 2007. As obras foram interrompidas no governo Dilma, devido a diversas causas, entre elas denúncias de corrupção e crise política instalada antes do processo de impeachment.

Milhares de pessoas acompanham a cerimônia. Um grande engarrafamento se formou nas estradas que dão acesso à cidade de Monteiro. O objetivo dos petistas é rebater o discurso do atual governo sobre a “paternidade” da obra.

Senadores, deputados e membros do Partido dos Trabalhadores também participaram da homenagem aos ex-presidentes da legenda. No Twitter, internautas utilizaram a rede social para prestar apoio com a #ComLulaOSertaoVirouMar que ficou no ranking dos assuntos mais falados no Brasil durante boa parte do dia. Veja abaixo algumas fotos cedidas pela Assessoria Governo da Paraíba.

Engarrafamentos se formaram próximo a Monteiro

Dilma e Lula a caminho da inauguração simbólica

Senador Lindbergh Farias

Senadora Gleisi Hoffmann

 

Há nove dias, o trecho leste da transposição foi inaugurada, em meio a protestos, pelo presidente Michel Temer. Também presente ao evento, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) saiu em defesa do peemedebista. O senador disse que Lula deu início às obras, mas que sua conclusão dependeu da “determinação” do atual presidente.

Mais sobre política

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade