Júri começa a definir os melhores parlamentares

Congresso em Foco

Da esquerda para a direita: Guilherme Cunha, Antônio Augusto de Queiroz, Sylvio Costa, Lucieni Pereira e Ricardo Caldas. Voto do júri é a principal novidade desta edição do Prêmio Congresso em Foco

 

Novidade introduzida nesta histórica décima edição do Prêmio Congresso em Foco, a premiação do júri composto por representantes da sociedade civil começou a ser definida nesta quarta-feira (6). Os cinco jurados estão reunidos neste momento na redação do Congresso em Foco para começar a selecionar os parlamentares que, na avaliação deles, mais se destacam por sua atuação no atual ano legislativo. Caberá a eles definir os nomes dos deputados e senadores que, em 19 de outubro, receberão o prêmio do júri.

Participam do colegiado o advogado e consultor empresarial Guilherme Cunha; a auditora de controle externo e ativista de movimentos sociais Lucieni Pereira da Silva; o analista político Antônio Augusto de Queiroz, que acompanha as atividades do Congresso para o movimento sindical; o professor da Universidade de Brasília Ricardo Caldas, e o jornalista Sylvio Costa, fundador do Congresso em Foco.

<< Veja o perfil dos jurados

Uma outra lista de premiados sairá da votação aberta pela internet, iniciada no último dia 1º e que vai se estender até 30 de setembro. Também serão colhidos, em votação restrita aos jornalistas, os votos dos profissionais de imprensa que fazem a cobertura do Congresso Nacional.

<< Vá à página de votação no Prêmio Congresso em Foco

Na abertura da reunião, Sylvio Costa leu para os demais integrantes do júri as regras e os critérios a serem levados em conta para a escolha dos melhores parlamentares. A exemplo dos anos anteriores, estão fora da disputa os deputados e senadores que respondem a inquérito ou ação penal.

<< Mais de 7 mil pessoas já votaram no Prêmio Congresso em Foco

“O júri selecionará os nomes de parlamentares que serão premiados, considerando como critérios a assiduidade em sessões deliberativas, a participação nos debates do Parlamento, o desempenho na apresentação de propostas legislativas, a capacidade de articulação política e os compromissos no combate à corrupção e ao desperdício de recursos públicos e na defesa da democracia e do desenvolvimento sustentável”, diz trecho do regulamento.

<< Regulamento do Prêmio Congresso em Foco 2017

Os parlamentares serão premiados em duas categorias gerais (melhores senadores e melhores deputados do ano) e três especiais (combate à corrupção e ao crime organizado; defesa da agropecuária, e defesa da seguridade social). No caso dos selecionados pelo júri, serão premiados os cinco senadores e os dez deputados mais votados, nas categorias gerais; e os três parlamentares mais votados nas categorias especiais. Todos os vencedores serão conhecidos apenas na cerimônia de premiação.

Seguindo o que estabelece o regulamento, todos os jurados escolhidos são “cidadãos que, por dever profissional ou de modo voluntário, acompanham regularmente as atividades do Congresso Nacional, e que gozam de boa reputação, reúnem as necessárias qualificações intelectuais, não estão lotados(as) em gabinetes parlamentares nem mantêm vínculos empregatícios com partidos políticos”.

Atualmente em sua décima edição, o prêmio foi criado para homenagear os melhores congressistas do país e enfrentar a ideia de que os políticos são iguais e todos eles desonram o mandato que receberam da população.

O Prêmio Congresso em Foco teve o patrocínio e apoio da AmbevAnabbGoverno de Mato GrossoUberAPCFAnffa SindicalSinprofazAnfipAnadefAMBCiclo de GestãoFebrafiteAbrigOAB-DFSindicato dos Jornalistas


<< Veja os números da primeira parcial

<< Outras informações sobre o prêmio

 

Patrocínio:


Apoio:

 

Apoio Institucional:

Continuar lendo

Publicidade Publicidade