Jean Wyllys celebra diversidade e repudia fascismo ao receber Prêmio Congresso em Foco

Paulo Negreiros/Congresso em Foco

Fascismo é “instrumentalização da burrice e da ignorância”, disse deputado

 

Primeiro parlamentar federal com o mandato declaradamente dedicado à causa LGBT, o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ) foi um dos destaques da histórica solenidade do Prêmio Congresso em Foco 2017, na décima edição do projeto. O discurso de Jean, que na votação pela internet ficou em primeiro lugar na categoria Defesa da Seguridade Social e na segunda colocação na categoria geral “Melhores Deputados do Ano”, antecedeu o de Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), primeiro lugar no voto popular, e lhe serviu de contraponto.

Enquanto o filho de Jair Bolsonaro optou por homenagear a ditadura militar, Jean Wyllys afirmou que exerce “mandato de resistência ao avanço do fascismo” e em defesa das minorias (veja no vídeo abaixo).

<< Grito do Congresso em Foco contra ditaduras é o momento mais aplaudido da entrega do prêmio

“Temos que considerar inadmissível dizer que uma mulher merece ser estuprada. Isso jamais pode ser admitido!”, declarou Jean, em alusão ao motivo que levou Jair Bolsonaro à condição de réu, em 7 de março, no Supremo Tribunal Federal.

O deputado também elogiou o fato de o Congresso em Foco ter abraçado a bandeira da diversidade e dos direitos das minorias. “No momento em que o fascismo avança, no que é uma instrumentalização da burrice e da ignorância, é fundamental que as instituições se coloquem. E que bom que o Congresso em Foco colocou o respeito à diversidade, o slogan, na frente da bandeira do arco-íris, que é a bandeira da diversidade”, acrescentou Jean, que sempre ficou entre os congressistas mais premiados das edições mais recentes do prêmio.

 

Veja o discurso do deputado em vídeo:

 

Jean deixou a cerimônia no momento em que Bolsonaro discursava, como ato de protesto contra o uso de um espaço democrático para promover a defesa da ditadura, ou seja, exatamente a supressão da democracia.

Durante todo o evento, uma grande tela em LED alternava a exibição da marca dos dez anos de prêmio com a bandeira do arco-íris, que este site encampou desde junho de 2016. Foram premiados congressistas ligados a 16 dos 28 partidos representados no Congresso. Eles foram selecionados de três formas: por um júri especializado, por meio de votação na internet e pelos jornalistas que cobrem o Congresso.

Compareceram à cerimônia de premiação perto de 500 convidados, incluindo mais de 30 congressistas, jornalistas, assessores parlamentares e representantes de diversos segmentos da sociedade brasileira. O prêmio teve o patrocínio da Ambev e da Anabb (funcionários do BB), com o apoio das seguintes organizações: Uber, governo de Mato Grosso, APCF (peritos criminais federais), Anffa Sindical (auditores fiscais federais agropecuários), AMB (magistrados), Anadef (defensores públicos federais), Sinprofaz (procuradores da Fazenda Nacional), Anfip (auditores fiscais da Receita Federal), Ciclo de Gestão (que reúne diversas carreiras federais) e Febrafite (auditores fiscais estaduais).

 

Clique nos links abaixo e veja quais foram os premiados e a votação na internet de todos os participantes do Prêmio Congresso em Foco 2017:



 

O Prêmio Congresso em Foco teve o patrocínio e apoio da AmbevAnabbGoverno de Mato GrossoUberAPCFAnffa SindicalSinprofazAnfipAnadefAMBCiclo de GestãoFebrafiteAbrigOAB-DFSindicato dos Jornalistas

<< Eduardo Bolsonaro defende ditadura e é vaiado na entrega do prêmio

 

<< Todas as matérias sobre o Prêmio Congresso em Foco 2017

Patrocínio:


Apoio:

 

Apoio Institucional:


Continuar lendo

Publicidade Publicidade