Guilherme Campos (PSD-SP)

Responde ao inquérito 3514, que apura possíveis irregularidades nas assinaturas das listas de apoio à criação do PSD. De acordo com o deputado, ele responde ao inquérito apenas para ser ouvido “na condição de averiguado”.

Veja a íntegra do que diz o parlamentar

“Trata-se de inquérito originário da 379ª Zona Eleitoral de Campinas (SP), que apura eventuais irregularidades em assinaturas constantes das listagens de apoio à formação do Partido Social Democrático (PSD). O referido inquérito, em razão da competência e do foro, foi para o STF apenas concluir atos de instrução, como a sua oitiva na condição de averiguado.”

Veja a lista com todos os parlamentares com pendências

Apoie o jornalismo independente e de qualidade:

Faça uma assinatura convencional ou digital da Revista Congresso em Foco!

Mais sobre processos

Continuar lendo

Publicidade Publicidade