Governo de Brasília volta a atrasar pagamento do DF Sem Miséria

Famílias carentes sofrem com a interrupção do repasse no Distrito Federal. Secretaria alega que aguarda disponibilidade orçamentária para quitar dívida e reativar o benefício

Arquivo Pessoal

Algumas famílias também recebem cestas básicas, que, em alguns casos, também está atrasada

 

Mais uma vez o Governo do Distrito Federal atrasou o pagamento do benefício DF Sem Miséria, um de seus principais programas de assistência social, às famílias carentes da cidade. A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) afirma que o pagamento será feito assim que houver disponibilidade financeira (leia nota abaixo), em um cenário de estrangulamento orçamentário e crise político-econômica.

Enquanto isso, famílias carentes como a da dona de casa Antônia Almeida, moradora do Recanto das Emas, a mais de 30 quilômetros do centro de Brasília, seguem sem o benefício. “Para quem vê de longe, pensa que é pouco dinheiro. Mas, nas casas de quem precisa é muito importante”, afirma Antônia.

O programa DF Sem Miséria é uma complementação de renda e os valores pagos por família podem variar de R$ 20 a R$ 800. No caso de Antônia, ela recebe R$ 88 por mês e usa o dinheiro para comprar comida para seu filho. Ela morava na região conhecida como chácara Monjolo, que foi desocupada pelo governo por se tratar de área pública.

Em fevereiro, 62.089 famílias estão cadastradas para receber o DF Sem Miséria. Ao todo, o programa custa ao governo R$ 8.324.100,00. Antônia conta que muitas pessoas estão sendo cortadas dos programas sociais aparentemente sem motivo. “Tem gente pensando que não recebeu porque o pagamento está atrasado, mas, na verdade, foi cortado do programa”, afirmou.

Leia a íntegra da nota da Secretaria:

“A Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Sedestmidh) informa que o pagamento do DF Sem Miséria referente ao mês de fevereiro será feito assim que houver disponibilidade financeira. No mês citado são 62.089 famílias beneficiadas e o valor total dos benefícios é de R$ 8.324.100,00. O programa DF Sem Miséria é uma complementação de renda e os valores pagos por família podem variar de R$ 20 a R$ 800.”

 

Mais sobre Brasília

Continuar lendo
Publicidade Publicidade