Filho de Lula anuncia processo contra jornalista de O Globo

O filho mais velho do ex-presidente Lula, Fábio Luís Lula da Silva, anunciou nesta sexta-feira (23), por meio de seus advogados, que vai processar judicialmente o jornalista responsável pela informação de que teve despesas pessoais pagas pelo delator da Operação Lava Jato Fernando Baiano, considerado operador do PMDB no esquema de corrupção descoberto pela Polícia Federal na Petrobras. Segundo o colunista do jornal O Globo Lauro Jardim, Baiano disse à força-tarefa da Lava Jato ter repassado cerca de R$ 2 milhões a Fábio.

“Baiano contou que pagou despesas pessoais do primogênito de Lula no valor de cerca de R$ 2 milhões. Ao contrário dos demais delatores, que foram soltos logo após a homologação das delações, Baiano ainda fica preso até 18 de novembro, quando completa um ano encarcerado. Voltará a morar em sua cobertura de 800 metros quadrados na Barra da Tijuca”, diz trecho da nota publicada por Lauro Jardim.

Advogado do primogênito, Cristiano Zanin Martins já havia enviado nota ao jornal fluminense negando qualquer relação entre Fábio e Baiano. E, hoje (sexta, 23), a decisão sobre o processo foi anunciada.

“Nosso cliente não é investigado na Operação, como atestou o Ministro Teori Zavascki em decisão proferida na data de ontem (22.10.2015). A divulgação do inteiro teor do depoimento pela mídia comprovou que o jornalista mentiu, ao associar o nome de Fábio à delação, e  persistiu no erro, mesmo tendo sido alertado para corrigi-lo”, diz trecho da nota assinada por Cristiano Zanin Martins.

Confira nota subscrita pela defesa de Fábio Lula da Silva:

“Na qualidade de advogados de Fábio Luís Lula da Silva protocolamos na data de hoje (23.10.2015) perante a Justiça do Rio de Janeiro ação cível de reparação de danos morais e de imagem decorrentes de notícias falsas publicadas nas edições de 11, 12 e 16 de outubro de 2015 no jornal O Globo — versões impressa e digital. O jornalista Lauro Jardim é o autor das notícias falsas e deve responder à ação, junto com a Infoglobo, empresa que edita o jornal.

Fábio jamais recebeu, direta ou indiretamente, qualquer dinheiro ou favor do réu Fernando Soares, que tampouco fez referência a seu nome em delação no âmbito da Operação Lava Jato. Nosso cliente não é investigado na Operação, como atestou o Ministro Teori Zavascki em decisão proferida na data de ontem (22.10.2015). A divulgação do inteiro teor do depoimento pela mídia comprovou que o jornalista mentiu, ao associar o nome de Fábio à delação, e  persistiu no erro, mesmo tendo sido alertado para corrigi-lo.”

Filho de Lula nega ter recebido dinheiro de delator da Lava Jato

Mais sobre Operação Lava Jato

Continuar lendo