Febrafite lança nova edição do Prêmio de Educação Fiscal

A Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf) e o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef), lançam, nesta quarta-feira (19), o Prêmio Nacional de Educação Fiscal. A edição deste ano traz duas novidades: a inclusão da categoria Imprensa e da educação fiscal na base comum curricular.

A premiação pretende valorizar as melhores práticas de educação fiscal e destacar a importância social dos tributos e da correta aplicação em benefício de todos. As inscrições serão abertas nesta quinta-feira (20) e vão até o dia 14 de julho (confira o regulamento).

A nova edição será lançada nesta quarta-feira (19) na Receita Federal, no auditório do Edifício Camilo Cola, em Brasília. “O pagamento de impostos é essencial para o Estado e, se praticada de forma consciente, participativa, inclusive cobrando dos governantes a correta aplicação dos recursos públicos, sem dúvida, o resultado final será outro e todos serão beneficiados”, afirma o presidente da Febrafite, Roberto Kupski.

Saiba mais sobre o prêmio:

A premiação deste ano está dividida em três categorias: Escolas (públicas e particulares); Instituições (Universidades, Prefeituras Municipais, Organizações Não Governamentais – ONGs, Secretarias Municipais, dentre outras); e Imprensa, voltada à profissionais ou empresas de comunicação com atuação em mídia convencional (jornal impresso, revista, TV, rádio ou webjornalismo). Os estudantes de jornalismo também poderão participar com reportagens publicadas nos jornais laboratórios.

A Categoria Imprensa visa a estimular a produção de reportagens relacionadas aos conceitos básicos dos tributos e sua importância social, a atuação fiscal no Estado brasileiro, o retorno dos tributos para a sociedade, a importância do acompanhamento das contas públicas, a preservação do patrimônio público e o combate ao vandalismo, à pirataria, dentre outras.

A solenidade de premiação acontecerá no dia 29 de novembro, em Brasília. Durante a festa, os 11 projetos finalistas da sexta edição receberão certificados e um representante da iniciativa participará da cerimônia com as despesas custeadas pela Febrafite e suas filiadas.

Neste ano serão seis vencedores. Primeiro, segundo e terceiro lugares na Categoria Escolas, que receberão R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente. Dois primeiros colocados na Categoria Instituições, com a premiação em dinheiro de R$ 10 mil para o primeiro e R$ 5 mil para o segundo lugar. Já a melhor reportagem na Categoria Imprensa, levará para casa, além do troféu, o valor de R$ 2 mil, que poderá ser para o jornalista ou a empresa de comunicação a qual representa. O Congresso em Foco é um dos apoiadores da iniciativa.

Continuar lendo

Publicidade Publicidade