Estudantes, artistas e políticos promovem ato por eleições diretas em Belo Horizonte

Mídia Ninja/Diretas Já

Manifestantes tomaram a Praça da Estação, região central de Belo Horizonte

Os grupos Frente Brasil Popular e Frente Povo sem Medo e a União Nacional dos Estudantes (UNE) realizaram na noite desta sexta-feira (16), em Belo Horizonte (MG), o ato “Minas pelas Diretas Já”, reunindo milhares de pessoas na Praça da Estação, região central da capital mineira. Segundo a organização, cerca de 30 artistas participaram das manifestações, que reuniram em um carro de som figuras como a cantora Fernanda Takai, os ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e José Eduardo Cardozo (PT) e o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto Guilherme Boulos.

“SP pelas Diretas Já” reúne manifestantes na capital paulista

Vídeo: artistas pedem eleições diretas e convocam manifestantes para shows em Copacabana

O evento marcou também a realização do 55º Congresso da UNE, que movimentou a capital mineira nesta semana. A presidente da entidade, Carina Vitral, calculou em 40 mil o número de manifestantes, mas a Polícia Militar de Minas Gerais não divulgou estimativas de público. “Faltava Minas para fazer esse ato artístico e cultural. E teve ainda uma passeata com essa apoteose”, declarou Carina, segundo o site do jornal Folha de S.Paulo.

No vídeo abaixo, o instante em que os manifestantes pedem, além da realização de eleições diretas, a saída do presidente Michel Temer da Presidência da República. Enfrentando sua pior crise desde o afastamento definitivo de Dilma Rousseff, em 31 de agosto de 2016, o peemedebista está sob investigação no Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva, associação criminosa e obstrução de Justiça.

Veja:

 

Leia também:
Temer chefia “maior e mais perigosa” organização criminosa do Brasil, diz Joesley à revista Época


Continuar lendo

Publicidade Publicidade