Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

Em vídeo, Dilma se irrita com pergunta sobre corrupção na Petrobras: cúmplice ou incompetente?

Entrevista foi concedida pela ex-presidente à rede de televisão Al Jazeera. “Nem todos os membros da diretoria sabiam que aqueles diretores da Petrobras tinham mecanismos de corrupção e estavam enriquecendo de forma indevida”, diz a petista

EBC

Dilma evitou falar sobre o envolvimento de pessoas próximas em desmandos na estatal

Em entrevista à rede de televisão Al Jazeera, do Catar, a ex-presidente Dilma Rousseff reagiu com irritação ao ser questionada pelo repórter Mehdi Hasan se a versão, da própria petista, de que ela não sabia do esquema de corrupção na Petrobras significa que ela foi “cúmplice” ou “incompetente”. Incisivo em diversos momentos, o repórter questiona se Dilma não nega que houve corrupção na Petrobras, ao que a ex-presidente responde: “Não nego”.

“Meu querido, é o tipo de ‘escolha de Sofia’ que eu não entro nela, porque não é isso que acontece. Há uma diferença – e há no mundo inteiro – entre um conselho e uma diretoria executiva. Nem todos os membros da diretoria sabiam que aqueles diretores da Petrobras tinham mecanismos de corrupção e estavam enriquecendo de forma indevida”, respondeu Dilma, sobre ser cúmplice ou incompetente.

Quando o jornalista fala sobre o envolvimento de pessoas próximas, a petista apenas afirma que, enquanto não forem concluídos os processo, ela não fará julgamentos. “Não é meu papel aqui, por favor”, diz.

Em outro momento, o repórter pergunta se Dilma não se sente envergonhada. “Não é essa a questão”, responde. A entrevista completa ainda não disponibilizada pela emissora. Os trechos abaixo foram divulgados pela Al Jazeera na internet.

Confira no vídeo abaixo:

 

Mais sobre Dilma

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade