Eleuses Paiva (PSD-SP)

Responde ao Inquérito 3401 (usurpação de função pública).

“Abrimos um escritório político e fixamos uma placa com meu nome e foto na frente do imóvel. Tempos depois, voltei a ser suplente. Os funcionários do escritório se esqueceram de retirar a placa, o que originou queixa. Assim que soube, providenciei a imediata remoção da placa”, diz o deputado.

Leia a íntegra da resposta:

“O inquérito citado refere-se a um episódio registrado em Presidente Prudente. Nas eleições de 2005, concorri pelo DEM e fiquei como primeiro suplente. Com o afastamento de alguns parlamentares, assumi uma cadeira na Câmara, em maio de 2009. Abrimos um escritório político em Presidente Prudente e fixamos uma placa com meu nome e foto na frente do imóvel. Algum tempo depois, em março de 2010, os deputados que haviam se afastado reassumiram e eu voltei à condição de suplente. Os funcionários do escritório esqueceram-se de retirar a placa da frente do imóvel, o que originou uma reclamação ao Ministério Público. Assim que soubemos dos fatos, providenciamos a imediata remoção da placa. O inquérito prossegue, mas ainda não fui ouvido. Apenas um dos assessores depôs nos autos.”

Continuar lendo

Publicidade Publicidade