Segunda, 27 de Março de 2017

Domingos Sávio diz que governo Temer tem condições de conduzir o país até 2018; veja o vídeo

Vice-líder do PSDB na Câmara, tucano demonstra otimismo em relação à gestão peemedebista mesmo diante da crise e da Operação Lava Jato. “O governo Temer é um governo de travessia que há de preparar o Brasil para 2018”, diz ao Congresso em Foco

Alexssandro Loyola/PSDB na Câmara

Deputado diz que país está doente, mas melhorando

Vice-líder do PSDB na Câmara, o deputado Domingos Sávio (MG) foi uma das principais vozes a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff no primeiro semestre de 2016, quando o processo culminou com a já histórica sessão plenária realizada em 17 de abril, em pleno domingo de Campeonato Brasileiro –, que, em decisão inédita, cedeu espaço na programação dominical da TV Globo para a transmissão integral da votação, ao vivo, da admissibilidade do impeachment. Neste depoimento gravado em vídeo pelo repórter Leonel Rocha, o tucano demonstra otimismo em relação ao governo Michel Temer, mesmo diante da crise política intensa e do fato de que quase toda a cúpula do Planalto, inclusive o próprio Temer, está na mira da Operação Lava Jato.

Para Domingos Sávio, dias melhores virão. “Eu não tenho dúvida de que chegará [a 2018] muito melhor. O Brasil está doente, mas o diagnóstico está sendo feito pelo povo brasileiro. E, obviamente, tem que ser feito em um processo de autocrítica, por todos os líderes, seja no Poder Legislativo, no Executivo ou no Judiciário. Reformas precisam ser feitas – mas, acima de tudo, reformas de comportamento, e eu tenho absoluta convicção de que o que está acontecendo nos levará a essas mudanças”, disse o parlamentar ao Congresso em Foco.

Veja no vídeo:

 

Para o deputado, a Operação Lava Jato tem de ser intensificada nos próximos meses. “Eu acredito que este processo de separar o joio do trigo deve vir com uma ação firme do Supremo e do restante do Judiciário, na sequência da Lava Jato. O Legislativo e o Executivo têm que dar respostas objetivas para o povo brasileiro”, declarou, lembrando que o governo Temer é de transição, mas demonstrando confiança no peemedebista.

“Eu entendo que o ano de 2017 é um ano decisivo de travessia. O governo Temer é um governo de travessia que há de preparar o Brasil para 2018. Que o país, em 2018, esteja votando a crescer, gerando mais expectativa e renovando a esperança do povo brasileiro. Mas, principalmente, com instituições sérias, que voltem a ter credibilidade. Para isso, tem que haver mudança de comportamento, seriedade, responsabilidade, transparência nas atitudes dos legisladores, do Executivo e do Judiciário”, acrescentou.

Ainda segundo o deputado mineiro, não há mais lugar para a corrupção em tempos de comunicação via internet. “O povo brasileiro não aceita mais ser tapeado. E os tempos atuais não condizem mais com isso. Há uma agilidade na comunicação. Quem tenta encobrir os malfeitos será sempre descoberto, e é bom que seja assim”, observou.

Mais sobre crise brasileira

Continuar lendo

Curtir Congresso em Foco no Twitter e Facebook:

comments powered by Disqus
Publicidade Publicidade