“Nós, parlamentares, perdemos o rumo”, afirma Cristovam Buarque

“Nós, parlamentares, nos dividimos entre representantes de uma igreja ou de outra, de um sindicato ou de outro. Perdemos a capacidade de fazer do Brasil o objeto central de nossas preocupações. Ao não termos o Brasil como elemento norteador, perdemos o rumo. Tendemos a pensar com quem pensa igual”.

A afirmação acima é do senador Cristovam Buarque (PPS-DF) e foi feita ontem (quinta, 14) durante o Diálogos Congresso em Foco, evento realizado por este site para produzir, por meio de um fórum democrático e plural, um conjunto de sugestões para o país enfrentar a corrupção e a crise política e econômica. A esse respeito, o senador disse: “O Congresso em Foco funciona como catalizador para debater ideias diferentes que apontem para o mesmo sentido: o futuro do Brasil”.

Para Cristovam, a divisão do Parlamento é a principal causa da atual crise brasileira. Na opinião do senador, há muito tempo o Brasil não é o objeto central das discussões políticas. O senador avaliou que o Diálogos Congresso em Foco é importante para juntar na mesma discussão pessoas que em geral não se encontram, uma vez que o debate dos grandes temas nacionais costuma ser feito hoje por “quem pensa igual”.

Veja a entrevista em vídeo.

 

 

Mais sobre o Diálogos Congresso em Foco

Mais sobre Cristovam Buarque


Continuar lendo

Publicidade Publicidade