Deputados petistas acrescentam “Lula” ao nome parlamentar e pedem registro no painel de votações

 

Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Líder do partido na Câmara, Paulo Pimenta já entregou ofício para registrar mudança

 

Os deputados do PT na Câmara decidiram adotar, a partir desta terça-feira (10), a palavra “Lula” ao seus nomes parlamentares. A sugestão da mudança foi do deputado Leo de Brito (PT-AC). A medida faz parte dos protestos contra a prisão do ex-presidente Lula, que se entregou à Polícia Federal (PF) na noite do último sábado (7), após ter sua prisão decretada. O líder do partido na Câmara, Paulo Pimenta (RS), já encaminhou ofício à presidência da Casa pedindo a mudança.

<< Deputados transformam plenário em palco de protesto contra prisão de Lula e obstruem votações. Veja o vídeo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ainda precisa chancelar as mudanças. Caso os ofícios encaminhados a Maia sejam deferidos, o nome de Lula também constará no painel da Casa com os nomes dos deputados do partido.

“Ao incorporarmos Lula em nossos nomes parlamentares, vamos contribuir para denunciar aos brasileiros e ao mundo a injustiça cometida contra Lula”, afirma Leo de Brito. O nome de Lula também deve ser acrescido ao nome de parlamentares petistas em Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais pelo país.

 

Veja o ofício entregue pelo líder do PT, Paulo Pimenta (PT-RS):

 

Reprodução

Caso Maia aceite a mudança, nome dos parlamentares deverá ser exibido com o acréscimo no painel da Câmara

 

 

<< Pedido de governadores para visitar Lula é negado por juíza

<< Maia minimiza restrição legal e acelera proposta que permite prisão em segunda instância

Continuar lendo

Publicidade Publicidade