Confira como os deputados votaram na CSS

Por apenas dois votos, a Câmara aprovou a criação da Contribuição Social para a Saúde (CSS). O tributo, que funcionará nos moldes da extinta CPMF, terá alíquota de 0,1%, será permanente e destinado exclusivamente para a área da saúde. Além disso, o imposto não será cobrado de aposentados, pensionistas e trabalhadores que recebem até R$ 3.038,00 por mês. Caso seja aprovada no Senado, o tributo será cobrado a partir do próximo ano. O governo esperar arrecadar com o imposto cerca de R$ 11 bilhões em 2009.

A oposição votou fechada contra o novo imposto. Todos os deputados do DEM, PSDB e PPS votaram contra a CSS. Além desses, também votaram contra os parlamentares das seguintes bancadas: PRTB; Psol e PV.

Por sua vez, a bancada do PT votou inteiramente favorável à nova CPMF. Além dos petistas, votaram a favor da CSS as seguintes bancadas: PCdoB; PHS; PMN; PRB; PTC e PTdoB.

O resultado apertado pode ser explicado pela união dos oposicionistas, além da “traição” de alguns membros de partidos da base aliada. Dez parlamentares do PP, por exemplo, votaram contra a CSS. Além do PP, os seguintes partidos apresentaram “traidores”: PDT (seis deputados votaram contra); PMDB (oito deputados votaram contra); PR (sete deputados votaram contra); PSB (três deputados votaram contra); PSC (um deputado votou contra); e PTB (dois deputados votaram contra).

Outro fator colaborou com a pequena diferença de votos necessários para aprovar a proposta: 93 parlamentares não estavam presentes. (Rodolfo Torres)

Confira como cada deputado votou na CSS

Acre (AC)
Fernando Melo (PT) – Sim
Flaviano Melo (PMDB) – Não
Gladson Cameli (PP) – Sim
Henrique Afonso (PT) – Sim
Ilderlei Cordeiro (PPS) – Não
Nilson Mourão (PT) – Sim
Perpétua Almeida (PcdoB) – Sim

Alagoas (AL)
Augusto Farias (PTB) – Sim
Benedito de Lira (PP) – Sim
Carlos Alberto Canuto (PMDB) – Sim
Cristiano Matheus (PMDB) – Sim
Givaldo Carimbão (PSB) – Sim
Joaquim Beltrão (PMDB) – Sim
Maurício Quintella Lessa (PR) – Sim
Olavo Calheiros (PMDB) – Sim

Amapá (AP)
Dalva Figueiredo (PT) – Sim
Davi Alcolumbre (DEM) – Não
Evandro Milhomen (PcdoB) – Sim
Fátima Pelaes (PMDB) – Sim
Jurandil Juarez (PMDB) – Sim
Lucenira Pimentel (PR) – Sim

Amazonas (AM)
Átila Lins (PMDB) – Sim
Francisco Praciano (PT) – Sim
Marcelo Serafim (PSB) – Sim
Rebecca Garcia (PP) – Não
Vanessa Grazziotin (PcdoB) – Sim

Bahia (BA)
Alice Portugal (PcdoB) – Sim
Antonio Carlos Magalhães Neto (DEM) – Não
Claudio Cajado (DEM) – Não
Daniel Almeida (PcdoB) – Sim
Edigar Mão Branca (PV) – Não
Fábio Souto (DEM) – Não
Félix Mendonça (DEM) – Não
Fernando de Fabinho (DEM) – Não
Guilherme Menezes (PT) – Sim
João Almeida (PSDB) – Não
João Leão (PP) – Sim
Jorge Khoury (DEM) – Não
José Carlos Aleluia (DEM) – Não
Joseph Bandeira (PT) – Sim
Jutahy Junior (PSDB) – Não
Lídice da Mata (PSB) – Sim
Luiz Bassuma (PT) – Sim
Marcio Marinho (PR) – Sim
Marcos Medrado (PDT) – Sim
Mário Negromonte (PP) – Sim
Maurício Trindade (PR) – Sim
Nelson Pellegrino (PT) – Sim
Paulo Magalhães (DEM) – Não
Roberto Britto (PP) – Sim
Sérgio Barradas Carneiro (PT) – Sim
Sérgio Brito (PDT) – Sim
Veloso (PMDB0 – Sim
Walter Pinheiro (PT) – Sim
Zezéu Ribeiro (PT) – Sim

Ceará (CE)
Aníbal Gomes (PMDB) – Sim
Ariosto Holanda (PSB) – Sim
Arnon Bezerra (PTB) – Sim
Ciro Gomes (PSB) – Sim
Eudes Xavier (PT) – Sim
Eugênio Rabelo (PP) – Sim
Eunício Oliveira (PMDB) – Sim
Flávio Bezerra (PMDB) – Sim
Gorete Pereira (PR) – Não
José Airton Cirilo (PT) – Sim
José Guimarães (PT) – Sim
Leo Alcântara (PR) – Sim
Manoel Salviano (PSDB) – Não
Marcelo Teixeira (PR) – Sim
Mauro Benevides (PMDB) – Sim
Paulo Henrique Lustosa (PMDB) – Sim
Raimundo Gomes de Matos (PSDB) – Não
Vicente Arruda (PR) – Sim
Zé Gerardo (PMDB) – Sim

Distrito Federal (DF)
Augusto Carvalho (PPS) – Não
Izalci (PSDB) – Não
Jofran Frejat (PR) – Não
Magela (PT) – Sim
Osório Adriano (DEM) – Não
Rodrigo Rollemberg (PSB) – Sim
Tadeu Filippelli (PMDB) – Sim

Espírito Santo (ES)
Iriny Lopes (PT) – Sim
Lelo Coimbra (PMDB) – Não
Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) – Não
Manato (PDT) – Não
Rita Camata (PMDB) – Sim
Sueli Vidigal (PDT) – Não

Goiás (GO)
Carlos Alberto Leréia (PSDB) – Não
Chico Abreu (PR) – Sim
Íris de Araújo (PMDB) – Sim
Jovair Arantes (PTB) – Sim
Leandro Vilela (PMDB) – Sim
Leonardo Vilela (PSDB) – Não
Luiz Bittencourt (PMDB) – Sim
Marcelo Melo (PMDB) – Sim
Pedro Chaves (PMDB) – Sim
Pedro Wilson (PT) – Sim
Ronaldo Caiado (DEM) – Não
Tatico (PTB) – Sim

Maranhão (MA)
Cleber Verde (PRB) – Sim
Costa Ferreira (PSC) – Sim
Davi Alves Silva Júnior (PDT) – Sim
Flávio Dino (PcdoB) – Sim
Gastão Vieira (PMDB) – Sim
Pedro Fernandes (PTB) – Sim
Pedro Novais (PMDB) – Sim
Pinto Itamaraty (PSDB) – Não
Professor Setimo (PMDB) – Sim
Ribamar Alves (PSB) – Sim
Roberto Rocha (PSDB) – Não
Sarney Filho (PV) – Não
Sebastião Madeira (PSDB) – Não
Waldir Maranhão (PP) – Sim

Mato Grosso (MT)
Carlos Abicalil (PT) – Sim
Carlos Bezerra (PMDB) – Sim
Eliene Lima (PP) – Sim
Homero Pereira (PR) – Não
Pedro Henry (PP) – Sim
Saturnino Masson (PSDB) – Não
Valtenir Pereira (PSB) – Sim
Wellington Fagundes (PR) – Sim

Mato Grosso do Sul (MS)
Antônio Carlos Biffi (PT) – Sim
Antonio Cruz (PP) – Não
Dagoberto (PDT) – Sim
Geraldo Resende (PMDB) – Sim
Nelson Trad (PMDB) – Sim
Vander Loubet (PT) – Sim
Waldemir Moka (PMDB) – Sim
Waldir Neves (PSDB) – Não

Minas Gerais (MG)
Ademir Camilo (PDT) – Sim
Alexandre Silveira (PPS) – Não
Antônio Andrade (PMDB) – Sim
Antônio Roberto (PV) – Não
Aracely de Paula (PR) – Sim
Bilac Pinto (PR0 – Não
Bonifácio de Andrada (PSDB) – Não
Carlos Melles (DEM) – Não
Carlos Willian (PTC) – Sim
Eduardo Barbosa (PSDB) – Não
Elismar Prado (PT) – Sim
Fábio Ramalho (PV) – Não
Fernando Diniz (PMDB) – Sim
George Hilton (PP) – Sim
Geraldo Thadeu (PPS) – Não
Gilmar Machado (PT) – Sim
Humberto Souto (PPS) – Não
Jaime Martins (PR) – Sim
Jô Moraes (PcdoB) – Sim
João Bittar (DEM) – Não
João Magalhães (PMDB) – Sim
José Fernando Aparecido de Oliveira (PV) – Não
José Santana de Vasconcellos (PR) – Sim
Júlio Delgado (PSB) – Não
Juvenil (PRTB) – Não
Leonardo Monteiro (PT) – Sim
Lincoln Portela (PR) – Sim
Luiz Fernando Faria (PP) – Sim
Márcio Reinaldo Moreira (PP) – Sim
Marcos Montes (DEM) – Não
Maria do Carmo Lara (PT) – Sim
Maria Lúcia Cardoso (PMDB) – Sim
Mário Heringer (PDT) – Sim
Mauro Lopes (PMDB) – Sim
Miguel Corrêa (PT) – Sim
Miguel Martini (PHS) – Sim
Narcio Rodrigues (PSDB) – Não
Odair Cunha (PT) – Sim
Paulo Abi-Ackel (PSDB) – Não
Paulo Piau (PMDB) – Sim
Rafael Guerra (PSDB) – Não
Reginaldo Lopes (PT) – Sim
Rodrigo de Castro (PSDB) – Não
Saraiva Felipe (PMDB) – Sim
Virgílio Guimarães (PT) – Sim
Vitor Penido (DEM) – Não

Pará (PA)
Beto Faro (PT) – Sim
Elcione Barbalho (PMDB) – Sim
Gerson Peres (PP) – Não
Giovanni Queiroz (PDT) – Sim
Lira Maia (DEM) – Não
Lúcio Vale (PR) – Sim
Nilson Pinto (PSDB) – Não
Paulo Rocha (PT) – Sim
Wladimir Costa (PMDB) – Sim
Zé Geraldo (PT) – Sim
Zenaldo Coutinho (PSDB) – Não
Zequinha Marinho (PMDB) – Sim

Paraíba (PB)
Armando Abílio (PTB) – Sim
Damião Feliciano (PDT) – Sim
Luiz Couto (PT) – Sim
Manoel Junior (PSB) – Sim
Rômulo Gouveia (PSDB) – Não
Vital do Rêgo Filho (PMDB) – Sim
Walter Brito Neto (PRB) – Sim
Wilson Braga (PMDB) – Sim
Wilson Santiago (PMDB) – Sim

Paraná (PR)
Abelardo Lupion (DEM) – Não
Affonso Camargo (PSDB) – Não
Airton Roveda (PR) – Sim
Alex Canziani (PTB) – Sim
Alfredo Kaefer (PSDB) – Não
Angelo Vanhoni (PT) – Sim
Barbosa Neto (PDT) – Não
Cezar Silvestri (PPS) – Não
Chico da Princesa (PR) – Sim
Dilceu Sperafico (PP) – Não
Dr. Rosinha (PT) – Sim
Eduardo Sciarra (DEM) – Não
Giacobo (PR) – Sim
Gustavo Fruet (PSDB) – Não
Hermes Parcianello (PMDB) – Sim
Luciano Pizzatto (DEM) – Não
Luiz Carlos Setim (DEM) – Não
Marcelo Almeida (PMDB) – Sim
Max Rosenmann (PMDB) – Não
Moacir Micheletto (PMDB) – Sim
Nelson Meurer (PP) – Sim
Odílio Balbinotti (PMDB) -  Sim
Osmar Serraglio (PMDB) – Sim
Ricardo Barros (PP) – Sim
Takayama (PSC) – Sim

Pernambuco (PE)
Ana Arraes (PSB) – Sim
André de Paula (DEM) – Não
Armando Monteiro (PTB) – Não
Bruno Araújo (PSDB) – Não
Bruno Rodrigues (PSDB) – Não
Carlos Eduardo Cadoca (PSC) – Abstenção
Edgar Moury (PMDB) – Não
Eduardo da Fonte (PP) – Sim
Fernando Coelho Filho (PSB) – Sim
Fernando Ferro (PT) – Sim
Inocêncio Oliveira (PR) – Sim
Marcos Antonio (PRB) – Sim
Maurício Rands (PT) – Sim
Paulo Rubem Santiago (PDT) – Não
Pedro Eugênio (PT) – Sim
Raul Henry (PMDB) – Não
Raul Jungmann (PPS) – Não
Renildo Calheiros (PcdoB) – Sim
Roberto Magalhães (DEM) – Não
Silvio Costa (PMN) – Sim
Wolney Queiroz (PDT) – Sim

Piauí (PI)
Átila Lira (PSB) – Sim
B. Sá (PSB) – Sim
Ciro Nogueira (PP) – Sim
Marcelo Castro (PMDB) – Sim
Mussa Demes (DEM) – Não
Nazareno Fonteles (PT) – Sim
Osmar Júnior (PcdoB) – Sim
Paes Landim (PTB) – Sim

Rio de Janeiro (RJ)
Alexandre Santos (PMDB) – Sim
Andreia Zito (PSDB) – Não
Antonio Carlos Biscaia (PT) – Sim
Arnaldo Vianna (PDT) – Não
Ayrton Xerez (DEM) – Não
Brizola Neto (PDT) – Sim
Carlos Santana (PT) – Sim
Chico Alencar (Psol) – Não
Cida Diogo (PT) – Sim
Deley (PSC) – Sim
Dr. Adilson Soares (PR) – Sim
Edmilson Valentim (PcdoB) – Sim
Edson Ezequiel (PMDB) – Sim
Eduardo Cunha (PMDB) – Sim
Eduardo Lopes (PSB) – Sim
Felipe Bornier (PHS) – Sim
Fernando Gabeira (PV) – Não
Fernando Lopes (PMDB) – Sim
Filipe Pereira (PSC) – Sim
Geraldo Pudim (PMDB) – Sim
Hugo Leal (PSC) – Sim
Jair Bolsonaro (PP) – Não
Jorge Bittar (PT) – Sim
Leandro Sampaio (PPS) – Não
Léo Vivas (PRB) – Sim
Leonardo Picciani (PMDB) – Não
Luiz Sérgio (PT) – Sim
Marcelo Itagiba (PMDB) – Não
Miro Teixeira (PDT) – Não
Neilton Mulim (PR) – Sim
Nelson Bornier (PMDB) – Sim
Otavio Leite (PSDB) – Não
Pastor Manoel Ferreira (PTB) – Sim
Rodrigo Maia (DEM) – Não
Rogerio Lisboa (DEM) – Não
Silvio Lopes (PSDB) – Não
Simão Sessim (PP) – Sim
Solange Almeida (PMDB) – Sim
Solange Amaral (DEM) – Não
Suely (PR) – Não
Vinicius Carvalho (PTdoB) – Sim

Rio Grande do Norte (RN)
Fátima Bezerra (PT) – Sim
Felipe Maia (DEM) – Não
Henrique Eduardo Alves (PMDB) – Sim
Sandra Rosado (PSB) – Sim

Rio Grande do Sul (RS)
Adão Pretto (PT) – Sim
Afonso Hamm (PP) – Não
Beto Albuquerque (PSB) – Sim
Cezar Schirmer (PMDB) – Sim
Claudio Diaz (PSDB) – Não
Darcísio Perondi (PMDB) – Sim
Eliseu Padilha (PMDB) – Sim
Germano Bonow (DEM) – Não
Henrique Fontana (PT) – Sim
Ibsen Pinheiro (PMDB) – Sim
José Otávio Germano (PP) – Sim
Luciana Genro (Psol) – Não
Luis Carlos Heinze (PP) – Não
Luiz Carlos Busato (PTB) – Sim
Manuela DÁvila (PcdoB) – Sim
Marco Maia (PT) – Sim
Maria do Rosário (PT) – Sim
Mendes Ribeiro Filho (PMDB) – Sim
Nelson Proença (PPS) – Não
Onyx Lorenzoni (DEM) – Não
Paulo Pimenta (PT) – Sim
Paulo Roberto (PTB) – Sim
Pepe Vargas (PT) – Sim
Pompeo de Mattos (PDT) – Sim
Professor Ruy Pauletti (PSDB) – Não
Renato Molling (PP) – Não
Sérgio Moraes (PTB) – Sim
Tarcísio Zimmermann (PT) – Sim
Vieira da Cunha (PDT) – Sim
Vilson Covatti (PP) – Sim

Rondônia (RO)
Anselmo de Jesus (PT) – Sim
Eduardo Valverde (PT) – Sim
Lindomar Garçon (PV) – Não
Marinha Raupp (PMDB) – Sim
Mauro Nazif (PSB) – Não
Moreira Mendes (PPS) – Não
Natan Donadon (PMDB) – Sim

Roraima (RR)
Edio Lopes (PMDB) – Sim
Luciano Castro (PR) – Sim
Marcio Junqueira (DEM) – Não
Maria Helena (PSB) – Sim
Neudo Campos (PP) – Sim

Santa Catarina (SC)
Angela Amin (PP) – Não
Carlito Merss (PT) – Sim
Celso Maldaner (PMDB) – Sim
Décio Lima (PT) – Sim
Fernando Coruja (PPS) – Não
Gervásio Silva (PSDB) – Não
João Matos (PMDB) – Sim
João Pizzolatti (PP) – Sim
Mauro Mariani (PMDB) – Não
Nelson Goetten (PR) – Sim
Paulo Bornhausen (DEM) – Não
Valdir Colatto (PMDB) – Sim
Vignatti (PT) – Sim
Zonta (PP) – Não

São Paulo (SP)
Aldo Rebelo (PcdoB) – Sim
Antonio Bulhões (PMDB) – Sim
Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB) – Não
Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) – Não
Antonio Palocci (PT) – Sim
Arnaldo Faria de Sá (PTB) – Não
Arnaldo Madeira (PSDB) – Não
Cândido Vaccarezza (PT) – Sim
Carlos Zarattini (PT) – Sim
Celso Russomanno (PP) – Não
Cláudio Magrão (PPS) – Não
Clodovil Hernandes (PR) – Não
Devanir Ribeiro (PT) – Sim
Dr. Nechar (PV) – Não
Dr. Talmir (PV) – Não
Dr. Ubiali (PSB) – Sim
Duarte Nogueira (PSDB) – Não
Edson Aparecido (PSDB) – Não
Emanuel Fernandes (PSDB) – Não
Fernando Chucre (PSDB) – Não
Francisco Rossi (PMDB) – Não
Guilherme Campos (DEM0 – Não
Ivan Valente (Psol) – Não
Janete Rocha Pietá (PT) – Sim
Jilmar Tatto (PT) – Sim
João Dado (PDT) – Sim
Jorge Tadeu Mudalen (DEM) – Não
Jorginho Maluly (DEM) – Não
José Aníbal (PSDB) – Não
José Eduardo Cardozo (PT) – Sim
José Genoíno (PT) – Sim
José Mentor (PT) – Sim
José Paulo Tóffano (PV) – Não
Julio Semeghini (PSDB) – Não
Lobbe Neto (PSDB) – Não
Luciana Costa (PR) – Não
Luiza Erundina (PSB) – Não
Marcelo Ortiz (PV) – Não
Márcio França (PSB) – Sim
Milton Monti (PR) – Sim
Nelson Marquezelli (PTB) – Sim
Paulo Pereira da Silva (PDT) – Sim
Paulo Renato Souza (PSDB) – Não
Paulo Teixeira (PT) – Sim
Regis de Oliveira (PSC) – Não
Renato Amary (PSDB) – Não
Ricardo Tripoli (PSDB) – Não
Roberto Santiago (PV) – Não
Silvinho Peccioli (DEM) – Não
Silvio Torres (PSDB) – Não
Vadão Gomes (PP) – Não
Valdemar Costa Neto (PR) – Sim
Vanderlei Macris (PSDB) – Não
Vicentinho (PT) – Sim
Walter Ihoshi (DEM) – Não
William Woo (PSDB) – Não

Sergipe (SE)
Eduardo Amorim (PSC) – Sim
Iran Barbosa (PT) – Sim
Jerônimo Reis (DEM) – Não
José Carlos Machado (DEM) – Não
Mendonça Prado (DEM) – Não
Valadares Filho (PSB) – Sim

Tocantins (TO)
Freire Júnior (PSDB) – Não
João Oliveira (DEM) – Não
Laurez Moreira (PSB) – Sim
Lázaro Botelho (PP) – Sim
Moises Avelino (PMDB) – Abstenção
Osvaldo Reis (PMDB) – Sim
Vicentinho Alves (PR) – Sim

Matéria publicada às 20h39 do dia 11 de junho de 2008. Última atualização às 14h de 16.06.2008.

Continuar lendo

Publicidade Publicidade