Artistas pró e contra Dilma lançam movimento “Temer, jamais”

Instagram/Letícia Sabatella

Encontro no apartamento de Paula Lavigne reuniu artistas de diferentes correntes ideológicas em protesto contra Temer

 

A rejeição ao presidente Michel Temer reuniu cerca de 30 artistas que se manifestaram a favor e contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff no ano passado. Eleitores de Aécio Neves e Dilma, em 2014, esqueceram suas diferenças ideológicas e lançaram um movimento contra o peemedebista batizado de “Temer, jamais”. O encontro, articulado pelo ator Wagner Moura e pelo cantor Tico Santa Cruz, apoiadores da petista, foi realizado na última quarta-feira (31) no apartamento da produtora Paula Lavigne.

Artistas que gravaram depoimento em favor da candidatura de Aécio em 2014, como Marcelo Serrado, Christiane Torloni, Márcio Garcia e Maria Padilha, se juntaram a Camila Pitanga, Letícia Sabatella, Caetano, Leoni, Glória Pires, Mônica Iozzi, entre outros, para discutir maneiras de se mobilizar contra Temer.

“Mesmo com todas as nossas diferenças de pensamentos, provamos que podemos dialogar e nos respeitar uns aos outros. Isso é democracia. Saímos desse encontro com o desejo em comum de ver Temer cassado no próximo dia 6 para que possamos dar os próximos passos”, disse Letícia, que publicou uma foto do encontro em seu Instagram.

Continuar lendo

Publicidade Publicidade