Serra e Dilma tiveram disputa equilibrada nas capitais

Em Belo Horizonte, Serra venceu Dilma, mas a diferença não passou de um ponto percentual. Em todo o estado de Minas, a vantagem foi de Dilma

Em Belo Horizonte, Serra venceu Dilma, mas a diferença não passou de um ponto percentual. Em todo o estado de Minas, a vantagem foi de Dilma

Sylvio Costa 


As capitais brasileiras praticamente se dividiram ao meio na disputa travada no segundo turno presidencial entre Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB).


Serra ganhou a eleição em 14 capitais: as três da região Sul, três no Sudeste, duas no Centro-Oeste, três na região Norte e… sua maior façanha… três capitais do Nordeste (Aracaju, Natal e Maceió), exatamente o território em que Lula e o PT nadaram de braçada.


Dilma perdeu em todas as capitais do Sul e na maioria das grandes metrópoles do país, mas ganhou em uma capital do Sudeste (Rio de Janeiro, a segunda maior cidade brasileira), em seis do Nordeste, duas do Centro-Oeste e quatro do Norte. 


Em várias capitais, como Belo Horizonte, Belém e Cuiabá, a diferença de votos entre os dois candidatos à Presidência da República ficou abaixo de um ponto percentual.


Veja os percentuais de votos válidos obtidos pelos candidatos nas capitais (no caso de Belém, Rio Branco, Salvador, São Luís, São Paulo, os números correspondem a pouco menos de 100% – mais precisamente, de 99,93% a 99,99% – dos votos apurados):


Aracaju (SE) – Serra 53,81% e Dilma 46,19%
Belém (PA) – Serra 50,84% e Dilma 49,16%
Belo Horizonte (MG) – Serra 50,39% e Dilma 49,61%
Boa Vista (RR) – Serra 70,03% e Dilma 29,97%
Brasília (DF) – Dilma 52,81% e Serra 47,19%
Campo Grande (MS) – Serra 59,76% e Dilma 40,24%
Cuiabá (MT) – Dilma 50,78% e Serra 49,22%
Curitiba (PR) – Serra 63,64% e Dilma 36,36%
Florianópolis (SC) – Serra 61,54% e Dilma 38,46%
Fortaleza (CE) – Dilma 71,81% e Serra 28,19%
Goiânia (GO) – Serra 57,57% e Dilma 42,43%
João Pessoa (PB) – Dilma 58,47% e Serra 41,53%
Macapá (AP) – Dilma 59,24% e Serra 40,76%
Maceió (AL) – Serra 60,80% e Dilma 39,20%
Manaus (AM) – Dilma 80,57% e Serra 19,43%
Natal (RN) – Serra 51,72% e Dilma 48,28%
Palmas (TO) – Dilma 54,13% e Serra 45,87%
Porto Alegre (RS) – Serra 55,81% e Dilma 44,19%
Porto Velho (RO) – Dilma 56,71% e Serra 43,29%
Recife (PE) – Dilma 66,35% e Serra 33,65%
Rio Branco (AC) – Serra 73,29% e Dilma 26,71%
Rio de Janeiro (RJ) – Dilma 60,48% e Serra 39,52%
Salvador (BA) – Dilma 73,34% e Serra 26,66%
São Luís (MA) – Dilma 76,70% e Serra 23,30%
São Paulo (SP) – Serra 53,64% e Dilma 46,36%
Teresina (PI) – Dilma 63,88% e Serra 36,12%
Vitória (ES) – Serra 55,67% e Dilma 44,33%

Leia também:

Onde Serra e Dilma se saíram melhor, estado por estado 

O primeiro discurso de Dilma como presidenta eleita

O que você precisa saber sobre as eleições deste ano 

Continuar lendo

Publicidade Publicidade