Quarta, 22 de Fevereiro de 2017

Opinião

Lei

Ninguém está acima da lei

“Na maioria das vezes, juízes e promotores que agem acima da lei ou que cometem crimes não recebem punição. Aliás, dizem que são punidos, mas a punição é a aposentadoria. Não importa a idade que tenham, a bem do serviço público, são aposentados ou afastados temporariamente”

Continue lendo...
x

Reforma da Previdência: e as regras do jogo, como ficam?

“As regras da previdência são de um jogo de tempo longo (uma vida inteira). As pessoas estruturam suas vidas com base nelas. Falar em mudá-las no meio do jogo, em se tratando de vidas, cheira crueldade”

Sem Renan no comando, votação do teto de gastos corria risco e comprometeria ajuste fiscal do governo Temer

Decisão do Supremo sobre Renan salva governo Temer

“Substituto de Renan no cargo é o vice-presidente Jorge Viana (PT-AC), que é contra a emenda do teto de gasto e poderia inviabilizar a aprovação da proposta, considerada fundamental para a conclusão do ajuste fiscal proposto pelo ministro da Fazenda”

Antártica, o continente que é um achado!

Beth Veloso embarcou na enorme aventura em direção à Antártica, um espaço estratégico na rodada de decisões sobre o futuro do clima no planeta

Escolaridade

Irresponsabilidade socioeducativa

“Prefeitos e governadores que não colocam crianças e jovens nas escolas, não superam a evasão e a repetência escolares, nem asseguram proteção social às famílias em condições vulneráveis deveriam ser responsabilizados”, diz ex-deputado

Fidel morreu em 25 de novembro, em Havana, aos 90 anos

A esquerda chora por um Fidel que morreu em vida

“O homem que libertou seu povo da espoliação adventícia é o mesmo que o reprimiu, cerceando o direito à liberdade. Fidel Castro sagrou-se revolucionário, mas morreu ditador”, destaca Itamar Garcez

Fidel

Fidel: o símbolo de um dilema

“O líder cubano pode e deve ser reconhecido positivamente como uma das figuras mais marcantes da história na tentativa de concretizar o ideal de justiça social plena, de superação das opressões e explorações no convívio social. Mas também deve ser reconhecido negativamente como protagonista de um caminho que não deve ser trilhado”

mpf

O descontrole emocional dos procuradores da Lava Jato

A ameaça de integrantes da força-tarefa da Lava Jato às alterações feitas pela Câmara ao projeto das medidas contra a corrupção foi um tropeço de comunicação, avaliam especialistas. A semana também teve outros vacilos e, principalmente, muita dor e comoção

Bola fora

“Milhares de torcedores do time do quanto pior melhor, voltaram às ruas para, como se fossem membros das violentas torcidas organizadas que destroem, espancam e matam nos estádios de futebol, tumultuar o processo legislativo”

Mateus

Quem reparará o ex-executivo da OAS preso na Lava Jato absolvido pelo Tribunal Regional Federal? “Mateus Coutinho perdeu o emprego, teve o passaporte retido, seu casamento naufragou e sua reputação não precisa dizer onde foi parar”

x

Você é bem atendido em restaurantes?

“Aqui em Brasília, acho que ainda temos um caminho a percorrer nessa questão. Vamos lá: o que você acha que um restaurante deve oferecer para servir os clientes de maneira correta?”

Antártica, o Brasil que deu certo

Diretamente de Punta Arenas, no Chile, Beth Veloso relata as peculiaridades do remoto continente de gelo, onde tremula a bandeira global e colaborativa da paz mundial e do conhecimento científico. “Ali, o Brasil mostra que sabe fazer pesquisa”

País combate "tumor", diz Deltan, mas não consegue extirpar "câncer"

Dallagnol: deputados tentam corromper medidas contra a corrupção

Coordenador da força-tarefa da Lava Jato e idealizador de projeto encabeçado pelo Ministério Público Federal defende aprovação de parecer aprovado na comissão especial e critica possíveis alterações tramadas na Câmara

Fidel

O fim do outono do patriarca

Com muitos erros e repetindo várias distorções do regime soviético, Fidel Castro “fez o melhor que pôde por seu povo e seu país – não pelo marxismo ou pela revolução mundial, que nunca foram suas verdadeiras devoções”, afirma Celso Lungaretti

Brasil está seriamente ameaçado, observa colunista

Brasil precisa de tolerância, diálogo e um novo pacto nacional

“O Brasil precisa de mudanças estruturais. Temos que abordar, até 2017, a inevitável reforma da Previdência, a modernização das relações de trabalho, a reforma política e a simplificação do sistema tributário. Isto só será possível com um amplo diálogo nacional”

Magnata pode surpreender positivamente, avalia jornalista

Trump pode se sair melhor que a encomenda

“Trump será um Rodrigo Duterte, o iracundo presidente filipino? Ou reencarnará o espírito de Reagan, que, ao lado da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, dominou o cenário mundial dos anos 1980?”

Pedidos de impeachment de Temer não devem prosperar no Congresso

As perguntas que Temer tem de responder

Ao menos seis perguntas carecem de resposta no caso Geddel, observa colunista. Exemplo: “Como alguém como o presidente da República, com tantas atribuições, arrumou tempo na agenda para tratar de um assunto privado de um dos seus auxiliares do tamanho de um apartamento de R$ 2,6 milhões?”

Cenas

Os erros de Temer na crise do ex-ministro Geddel

Decisão pela saída de ministro forte na gestão peemedebista foi tardia, observa a coluna Cenas da Semana. “Em crises de imagem não há espaço para hesitação. É preciso agir rápido e estancar a sangria de uma só vez.” Veja mais destaques do noticiário da semana em que a queda de Geddel abalou Brasília

O dia em que o pavilhão japonês foi chamado de bandeira comunista: “Meu Deus, que burrice”, lamenta colunista

Burrice – origamis, símbolos nacionais e o desconhecimento sobre ambos

“Fascistas gritando o nome de Sérgio Moro e pedindo a volta da ditadura invadiram o Plenário da Câmara. Uma inteligente mulher, ao passar diante do painel ‘Projeto Origami do Centenário’, em vez de ler a explicação afixada em uma plaquinha pôs-se a discursar contra o comunismo. Meu Deus, que burrice”

Petrarca

“Trabalho para alegria dos outros”

Um dos chefs de cozinha mais badalados de Brasília, Marcelo Petrarca, do Bloco C, cria outro espaço, em um hotel, para resgatar as origens gastronômicas da capital do país. “O que me dá mais prazer é ser escolhido”

ponte

Responsabilidade e eficiência

Em sua coluna de estreia, o ex-governador Renato Casagrande diz por que o Espírito Santo está à margem da grave financeira dos estados brasileiros. “Ajuste não se resume a corte de investimentos e à adoção da política de reajuste zero para os servidores”

Poema da PEC do teto dos gastos

Estudante da Universidade Estadual de Goiás retrata em versos seu temor com a reforma do ensino médio e a proposta que limita as despesas públicas: “Estão querendo nos calar/ Manipular toda a população/ Querem que todos acreditem/ Que essa é a única solução”

Ensino

Ensino médio, formação profissional e a crise dos estados

“No setor produtivo, são menos de 20% os profissionais com algum tipo de qualificação técnica e, atualmente, menos de 8% dos jovens frequentam cursos médios técnicos. Esse é um dos elementos associados à baixa produtividade de nosso país”

Corrupção

As fragilidades da AGU para resistir à sua captura por interesses não republicanos

“Infelizmente, a AGU não tem atraído a merecida atenção da sociedade e dos poderes públicos, particularmente em função de sua importância estratégica na prevenção de atos de improbidade e malfeitos de toda ordem”

Publicidade Publicidade