Segunda, 24 de Abril de 2017

Fórum

Fuso luso: Brasil e Portugal separados por quatro décadas

“De repente, a diferença entre o cá e o lá do Atlântico não eram mais aquelas quatro horas. Eram quatro… décadas. Jamais imaginei que fôssemos capazes de nos distanciar tanto, e em tão poucos meses, dos nossos irmãos portugueses”

Continue lendo...

Defenda sobretudo nossa Constituição, ministra Cármen Lúcia

Autor cobra da nova presidente do Supremo providências contra a impunidade, “que está na iminência de virar letra morta pela ação das poderosas quadrilhas que se encastelaram sob a batuta de grupos políticos golpistas e antidemocráticos”

Universidades brasileiras devem ser passadas a limpo

“A autonomia universitária tem sido mal interpretada pelos agentes públicos e sendo utilizada para justificar atos caracterizações de abuso/desvio de poder, ferindo a dignidade da pessoa humana e violando os tratados internacionais”

Grande trunfo eleitoral, redes sociais desafiam candidatos

Com teto para gastos e sem as tradicionais doações empresariais, os candidatos terão de enfrentar o desafio de alcançar o eleitor por meio da internet em um processo cada vez mais descentralizado de comunicação, observa pesquisadora

Lungaretti: ameaça e resquícios da ditadura na Lei de Segurança Nacional

“Todos já sabíamos que nossa redemocratização ficara pela metade – os assassinos, torturadores e estupradores dos órgãos de segurança não foram sequer processados! – e a permanência da LSN tal como a ditadura a sancionou é mais um exemplo gritante da omissão de parlamentares e governantes”

Uma PEC contra as sereias

“A ideia de estabelecer limite constitucional para o gasto público é uma tentativa de romper a dinâmica de progressiva ampliação da despesa pública. Estão corretos tanto os que dizem que a PEC 241 é uma radical quanto aqueles que dizem que ela é necessária”

Um coice na Constituição

“De novo, uma manobra do Senado Federal reitera a cultura nacional de aplicar a lei conforme o interesse do momento. Em função dessa maneira fugaz de fazer política, o julgamento do impeachment da presidente Dilma Rousseff foi fragmentado, para lhe tirar o mandato, mas preservar seus direitos políticos”

meme

Acabou o flá-flu, alerta Renato Janine Ribeiro

Em texto imperdível, ele alerta: “PT e PSDB, os dois melhores partidos que tínhamos, perderam o protagonismo. Autoritários e fisiológicos voltaram com tudo enquanto os irmãos inimigos se esgotaram de tanto brigar. Pior é que não perceberam ainda o tamanho do buraco”

Carta a Chico Buarque de Holanda – De poeta para poeta

Advogado-poeta faz uma espécie de pedido de socorro ao mestre da música em tempos de maniqueísmo e surto fascista. “A maioria dos brasileiros está solitária como um espelho em casa abandonada. Os poetas se vão e suas obras são imorredouras. Elas valem por todas as Constituições”

Celso Lungaretti: Chega ao fim a comédia de erros do PT e de Dilma

“Deus e o mundo sabem que o preço do beijo do Lula que transformou Dilma de rã em princesa foi ela olhar para o outro lado enquanto as maracutaias grassavam soltas”

Moral é artigo em falta tanto em algozes quanto em apoiadores de Dilma

Não há santos entre apoiadores de Temer, nem no lado vermelho-desbotado da força. Falta legitimidade não só a Dilma, mas também ao Congresso e ao sistema político. E nossos problemas não vão acabar tão cedo, alerta Raphael Tsavkko Garcia

Geneton, o mestre perguntador, morre desencantado com o jornalismo

Jornalista lamenta a morte do colega Geneton Moraes Neto. “Exemplo de sucesso e referência para todos os repórteres que tentam ser fiéis ao compromisso irrevogável de uma imprensa dedicada à verdade, à memória, à história e ao dever de consolar os aflitos e afligir os consolados”

Câmara: construindo pontes com a sociedade pela educação

Instituição tem primeiro curso de mestrado dentro de um parlamento em todo o mundo. “Iniciativa é baseada na visão de que a aprendizagem estimula o processo de adesão aos valores democráticos e ao exercício da cidadania”, escrevem professores do mestrado profissional

Os vícios – reais ou não – atribuídos aos brasileiros

“Existem condutas de comportamento típicas de cada povo, e outras são atribuídas e ‘pegam’, independente de existirem de fato ou apenas subjetivamente, genericamente. Embora existam em todo o planeta, ficaremos com os vícios, reais ou atribuídos, dos brasileiros. Uns são mais generalizados; outros mais restritos”, analisa bacharel em Direito

Rafaela Silva, judoca, 24 – A garota da periferia nos presenteia com ouro

“Sem dúvida, a primeira medalha de ouro do Brasil nesses jogos não podia ter simbologia e significados maiores, pois veio de alguém que representa a maior parte de seu povo. De alguém que desde cedo se acostumou a conviver com a falta de oportunidades”

Senador_Cristovam-Buarque_PDT-DF_concede-entrevista03032015_021

O golpe da ideologia – O anacronismo da “esquerda de retrovisor”

Ex-ministro de Lula, senador faz críticas à “esquerda de retrovisor” em sua defesa do impeachment de Dilma. “O que não pode ser aceito racionalmente é a falsa narrativa de que as pessoas se dividem em direita, se querem o impeachment, e esquerda, se defendem a volta da presidente Dilma. Nada mais falso”

Quem tem medo do combate à corrupção?

Presidente da Frente Parlamentar de Combate à Corrupção reclama da ofensiva na Câmara contra projeto de moralização na administração pública. “Fica a pergunta: a quem interessa barrar mecanismos que vêm para proteger o patrimônio da nação?”

Benefícios privados, vícios públicos: dimensões da ação estatal

“De um certo modo, desonerar implica transformar determinadas escolhas empresariais em verdadeiras políticas públicas. O benefício gozado pelo empresário tem o seu custo ‘socializado’ – embora isso, muitas vezes, não seja tão visível”

Advogados públicos também receberão auxílio-moradia

O crime da Defensoria Pública da União

“O raciocínio jurídico penal nos apresenta uma ilustração pertinente: para o crime, castigo. Qual o crime cometido pela Defensoria Pública da União para receber esse castigo?”, questiona presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais

Debate energético enviesado – Mitos e conceitos deturpados sobre “energia limpa”

Professor reclama da alienação acerca do tema, bem como do papel do Estado em favor do empresariado. “Com a inexistência plena da liberdade de imprensa, discussão junto à sociedade sobre energia para quê? Energia para quem? E como produzi-la? Acabam restritas a setores acadêmicos e a poucos grupos sociais”

A Justiça, a democracia e a morofobia

“Dizem que o protagonismo do Judiciário veio em boa hora. Mas sob que pesos e medidas? Provocado, reage, mas sob que impulsos? O legislado, o interpretado, o vivido? É preciso que o jurídico e o político se afastem”, defende advogado

A inelegibilidade dos candidatos fichas sujas e a nova decisão do STF

Especialista em Direito Eleitoral contesta decisão monocrática sobre a Lei da Ficha Limpa. “Em sua decisão, o ministro Barroso considerou que para os candidatos punidos antes de 2010, quando entrou em vigor a Lei da Ficha Limpa, não caberá a inelegibilidade de oito anos”

Distopia – A distância astronômica entre o Brasil interino e o ideal de nação

Cronista lamenta os rumos do Brasil de comando interino. “Vejo trabalhadores braçais pobres – cuja expectativa de vida é inferior à idade mínima a ser imposta para aposentadoria – saindo das covas para reivindicar direitos. Vai ser tanto zumbi tocando o terror que periga o Estado Islâmico explodir de inveja”

Não adianta recorrer à ONU, Lula

Para Celso Lungaretti, ex-presidente encena farsa ao se dizer vítima de perseguição judicial, “o que só faria sentido sob uma ditadura e se ele fosse contestador da ordem vigente, mas hoje o Lula não passa de um político convencional”

Publicidade Publicidade