Sábado, 21 de Janeiro de 2017

Fórum

O calcanhar-de-aquiles das empresas

Para reduzir o Custo Brasil, é preciso superar o excesso de burocracia e da carga tributária, assim como o modelo autoritário de gestão

Continue lendo...

Ménage à trois global: OMC, FMI e Banco Mundial

Documento lançado pela OMC unifica discurso de liberalização comercial adotado pela entidade, o FMI e o Banco Mundial

Não queremos a Câmara de joelhos

É preciso acabar com a concentração de poder nas cúpulas partidárias, que decidem, em obediência ao Palácio do Planalto, o que é melhor para o Brasil

A MP 232 e o gasto público

Em vez de elevar a carga dos prestadores de serviço, governo deveria taxar as grandes fortunas, caso tivesse mesmo a intenção de praticar justiça social

Estatuto do Desarmamento sob risco

César Borges* Em 2003, após uma bela campanha nacional e um esforço especial do Senado, que iniciou todo o debate, o país ganhou o Estatuto do Desarmamento, uma novidade para o Terceiro Mundo e uma iniciativa avançada mesmo para os …

Fiscalização: o papel do Legislativo e do cidadão

É preciso aprimorar a divulgação de dados sobre a execução de obras públicas e envolver o cidadão como protagonista do controle social

Comprometendo o futuro

Governo compromete competitividade do país ao destinar recursos da ciência e tecnologia para o pagamento de juros

Impunidade favorece planos de saúde

É preciso endurecer a legislação para acabar com as práticas abusivas das operadoras que não levam em conta o interesse do usuário

Para onde vai o seu dinheiro ?

Legislativo precisa fiscalizar com rigor a aplicação dos gastos orçamentários. Em nome do ajuste fiscal, o governo reduziu investimentos em áreas vitais

Crise de oferta de água

Risco de desabastecimento decorre, essencialmente, dos baixos investimentos públicos em saneamento básico feitos no país nas últimas décadas

A reforma cambial e o tráfico internacional do dinheiro sujo

Celso Antonio Três* A recente reforma cambial promovida pelo Banco Central (BC) provocou interpretações as mais díspares, evidenciadas pelas conflitantes manchetes dos jornais, umas atestando a facilitação no trânsito internacional do dinheiro, outras asseverando o contrário. A responsabilidade pela confusão …

Guardiões do equívoco

Em vez de se insurgir contra o nepotismo, sociedade deveria centrar fogo no clientelismo instalado em todas as esferas de governo

Serão as leis inúteis?

Multiplicar leis significa, antes de tudo, multiplicar violações à lei, e não o seu cumprimento

A falsa salvação da paixão nacional

Em vez de lançar loteria para salvar os cartolas, governo deveria apertar o cerco aos clubes de futebol que sonegam impostos

Carga tributária elevada e programas oficiais para habitação fomentam o crescimento da informalidade na construção civil e o desaparecimento do trabalhador formal

O fim de um privilégio inconstitucional

Ao proibir a transferência de filhos de militares de universidades particulares para públicas, STF corrige distorções provocadas pela lei

O fim do petismo

O governo Lula, que poderia entrar para a história como nacionalista e independente, será lembrado por ter aumentado ainda mais o abismo social

É preciso uma força a mais: a virtude

Enquanto o governo concentra forças contra a CPI dos Correios, o Congresso precisa se libertar das amarras que impedem o exercício da democracia

Trinta mil reais: o preço de um país

O custo das recentes denúncias de corrupção que atingem o setor público compromete as instituições e a premissa de que o Brasil é o “país do futuro”

Publicidade Publicidade