Domingo, 30 de Abril de 2017

Eleições 2014

"Não tem prazo definido, mas vai ser em maio”, disse Mendes nesta terça-feira (25)

Gilmar garante que ação da chapa Dilma-Temer voltará a ser julgada em maio

“É razoável na segunda quinzena de maio. Não tem prazo definido, mas vai ser em maio”, disse o ministro ao ser questionado sobre a data do julgamento

Continue lendo...
Nenhuma contrapartida foi cobrada de Richa depois dos repasses, diz delação

Beto Richa recebeu R$ 3 milhões da Odebrecht para campanhas eleitorais, dizem delatores

Informação consta de depoimento em vídeo gravado para a força-tarefa da Lava Jato pelo ex-executivo da empresa na região Sul, Valter Lana, e pelo ex-presidente da Odebrecht infraestrutura Benedicto Júnior

Segundo Benedicto, Alckmin era visto como potencial presidente da República pela cúpula da Odebrecht

Delator diz em vídeo que Alckmin recebeu mais de R$ 10 milhões da Odebrecht via caixa dois

Governador tucano é um dos 12 governadores citados em delações premiadas de ex-dirigentes da empreiteira, pivô do esquema de corrupção na Petrobras descoberto pela Lava Lato. Alckmin era visto como presidenciável pela cúpula da empresa

O publicitário João Santana e sua mulher, Mônica Moura, assinaram acordo de delação com a PGR

João Santana e Mônica Moura assinam acordo de delação com a PGR

Apesar de estar em sigilo, a informação foi anunciada para justificar a inclusão de depoimentos do casal de publicitários no processo em que o PSDB pede a cassação da chapa Dilma-Temer no TSE

Admar Gonzaga foi indicado por Temer para assumir vaga de Henrique Neves

Ministro indicado por Temer quer acesso ao relatório de Benjamin Herman antes de assumir no TSE

Admar Gonzaga afirma que não pretende pedir vista para adiar julgamento e classifica como “fofocas” especulações sobre seu voto. “Cada um pode ter suas impressões, exercer seu direito à futurologia. Mas eu acho que é uma especulação”

Possível  condenação  de Dilma pode ser estendida a Temer se TSE considerar que chapa presidencial é indivisível

Começa a semana decisiva para a chapa Dilma-Temer

Presidente pode perder o mandato em julgamento no TSE, enquanto petista pode ficar inelegível. Temer alega que não pode ser responsabilizado por irregularidades na arrecadação da companheira de chapa, que diz que seu caixa de campanha bancou maior parte das despesas do vice

Destino da chapa vencedora em 2014 começa a ser definido nesta semana

O fator Aécio e sucessão presidencial na cassação da chapa Dilma-Temer

“Se desconsiderarmos os votos da chapa Dilma/Temer pela cassação, o resultado daquele pleito coloca o segundo colocado com 52% dos votos. Ou seja, no precedente do próprio TSE, o candidato Aécio Neves pode vir a ser o novo presidente da República”, observa bacharel em Direito

O julgamento da ação que acusa a chapa Dilma-Temer de irregularidades nas eleições de 2014 começa nesta terça-feira (4), no TSE

Chapa Dilma-Temer recebeu R$ 112 milhões em recursos irregulares, diz jornal

Em parecer obtido pela Folha de S. Paulo, o vice-procurador-geral Eleitoral aponta o recebimento de elevado montante encontrado após as investigações. Julgamento da ação no TSE começa nesta terça-feira (4)

O afastamento só ocorre se o Tribunal Superior Eleitoral mantiver a decisão de cassar o governador

TRE do Pará cassa mandato do governador Simão Jatene

O Ministério Público Eleitoral acusa o governador de irregularidades durante as eleições de 2014, como a entrega de cheque-moradia a eleitores que prometeram voto a Jatene e Zequinha

Julgamento da ação contra a Chapa Dilma/Temer deve iniciar na próxima semana

Julgamento de ação contra a chapa de Dilma-Temer pode começar na próxima semana

O ministro Herman Benjamin, relator da ação, entregou nesta segunda-feira (27) relatório final aos ministros titulares da Corte e afirmou que liberará a ação para julgamento assim que o MP entregar suas alegações finais

Políticos foram "enterrados" em Brasília

Políticos citados na Lava Jato e temas políticos foram o foco das manifestações deste domingo

Cartazes e faixas diziam “não” à anistia ao caixa dois, ao voto em lista fechada e ao financiamento público de campanha – medidas que estão sendo articuladas por políticos de vários partidos

manifestação_belem

Manifestações de apoio à Lava Jato e contra privilégios a políticos começam tímidas

O Movimento Brasil Livre, o Vem Pra Rua e o NasRuas focaram a sua pauta em temas como o fim do foro privilegiado, não ao voto em lista fechada e apoio à Lava Jato

Marcelo Odebrecht relatou o esquema

Odebrecht montava fraudes em contratos no exterior para gerar recursos da propina

O “departamento de geração” realizava contratos fictícios com prestadoras de serviços do exterior em que reduzia a margem de lucros e impostos a serem pagos, criando assim um excedente de verbas para abastecer a área da propina no Brasil

Dilma e Temer concordam, enfim, num ponto

Temer e Dilma concordam num ponto na ação do TSE: querem anular depoimentos da Odebrecht

Dilma alega que as acusações dos executivos da empreiteira extrapolam o objeto do processo iniciado há mais de dois anos, enquanto Temer afirma que os fatos narrados pelos delatores não têm relação com o pedido inicial do PSDB ao TSE

Defesa alega nulidade das provas

Temer pede divisão da chapa presidencial e anulação dos depoimentos da Obebrecht

“Trata-se de uma única porta de entrada, mas de saídas diferentes”, afirmou a defesa do presidente ao pedir a divisão da chapa Dilma/Temer

"Democracia se faz com políticos", disse Gilmar

Gilmar Mendes compara anistia ao caixa 2 com a lei da repatriação de recursos

“O Congresso votou a anistia da repatriação, que fez com que muita gente trouxesse dinheiro de fora, e ninguém está dizendo que essa anistia é inconstitucional”, afirmou o presidente do TSE

Alexandrino disse ter pago tempo de TV a cinco partidos que apoiaram a campanha à reeleição de Dilma

Ex-diretor da Odebrecht delata compra de tempo na TV para apoio de partidos à campanha de Dilma

Edinho Silva definiu repasses ao PCdoB, PROS, PRB, PDT e PP. Ao todo, Marcelo Odebrecht diz ter pago R$ 27 milhões em tempo de TV aos partidos. Os valores eram para bancar “compromissos que o PT tinha” com as legendas

Herman Benjamin é o relator da ação que pede a cassação da chapa Dilma/Temer na Corte

Ministro do TSE manda apurar vazamento de delações da Odebrecht

Por meio de um despacho assinado por um de seus juízes auxiliares, o ministro Herman Benjamin atendeu pedido feito pelos advogados da ex-presidente Dilma Rousseff

Dilma

TSE dá dois dias para manifestação final de Temer e Dilma antes de julgar cassação da chapa

Relator da ação, ministro Herman Benjamin conclui a fase de investigações e abre prazo para apresentação das alegações finais. Julgamento pode ocorrer a partir de abril

Lula

Os Zelotes Tropicais e o Mistério dos Aviões Suecos

O desespero por envolver Lula em qualquer ato de corrupção mostra algo mais que a politização da justiça. Há um profundo ódio contra as classes populares e um amor patológico pela baixaria que caracterizou a oposição na campanha eleitoral de 2014, e, sobretudo, as ações que conduziram ao golpe de 2016

"Em time que está ganhando não se mexe", disse Padilha

“Só citação de delator não é motivo pra nada”, diz Padilha para justificar volta ao cargo

“Em time que está ganhando não se mexe”, argumentou o ministro da Casa Civil. Ele não quis comentar as acusações de delatores: “Qualquer fala agora vai ser prejudicial à investigação e a mim. Então, fico quietinho”, disse

Licenciado após cirurgia de próstata, Padilha pode não retornar ao governo Temer

Padilha tinha quatro senhas para receber caixa dois da Odebrecht, diz delator

Códigos sob poder do ministro da Casa Civl de Temer eram Foguete, Árvore, Morango e Pinguim, diz ex-executivo da empresa ao TSE. Repasses totalizaram R$ 4 milhões, relata José de Carvalho Filho

Marcelo prestou depoimento ao TSE

Odebrecht usava cervejaria Itaipava como “fachada” para esconder doações eleitorais

As doações por intermédio da Itaipava teriam superado os R$ 30 milhões a 13 partidos, incluindo o PT, o PMDB e o PSDB. As contribuições eram compensadas com pagamentos no exterior

Marcelo Odebrecht livra Temer

Marcelo Odebrecht confirma caixa dois para campanha de Dilma mas nega doações irregulares a Temer

Empresário confirma encontro com Temer no Jaburu e conversa sobre contribuições de campanha, mas diz que o tema foi tratado “de forma genérica” e que não houve um pedido de doação direto feito pelo vice-presidente

Publicidade Publicidade