Domingo, 23 de Abril de 2017

Todas as postagens de Rudolfo Lago

Prisão de figurões da política sinaliza o caminho irreversível, registra Rudolfo Lago

A prisão de Garotinho e a Lava Jato como novo método

“O que fica claro – e não é a primeira vez – é que já não é mais a Lava Jato a única a levar políticos brasileiros de expressão para a cadeia. E é aí que os efeitos dessa cultura passam a se tornar imprevisíveis e incontroláveis do ponto de vista de alguma preferência política”

Continue lendo...
x

A onda conservadora e o declínio dos impérios

“A reação conservadora nos países do Primeiro Mundo parece seguir na linha mais perigosa e explosiva possível. Vai acirrar conflitos que só tendem a se agravar se a solução for radicalizar fechamentos de fronteiras”

Derrotado por Lula em 2006, tucano ganha musculatura para 2018

Após curva à direita, Alckmin sai na frente

Alckmin, Aécio ou Serra? “Tudo pode mudar até 2018. Mas as eleições municipais têm sido sempre um balizador importante do que acontece dois anos depois, na disputa nacional. Por essas e outras, nessa corrida política, feita a curva à direita nessa etapa municipal, Alckmin, pelo menos por enquanto, parece liderar”

O semialfabetizado político

“Ingênuo, o semialfabetizado político acha que tem plena consciência dos seus atos e escolhas. Fantoche, não sente as cordas que movem seus braços e mãos quando levanta seus cartazes, quando atira as suas pedras e quebra as suas vidraças”

Por que não falo mais de política no Facebook

“A guerrilha na internet virou uma sucessão de bombas que explodem antes de atingir o alvo. Porque cada grupo só consegue mesmo falar para si mesmo. É um diálogo de surdos”

O mensalão e a perigosa fadiga do sistema

“A presença de políticos na cadeia pode ser boa no início, como sinalização de que a justiça existe para todos. Mas se ela virar uma rotina, é a constatação da fadiga do sistema. E peças em fadiga um dia quebram. Esse é o perigo”

Sobre eleições e paladares

Colunista levanta a questão: na próxima eleição, desafio dos candidatos será manter as atuais conquistas e conseguir avançar em questões como mobilidade, transporte público e educação

Mais um passo na contramão das ruas

Ao tratarem do tamanho de adesivos e proibirem faixas em locais públicos ou privados, deputados beneficiam quem está no poder. E restringem o debate político a um ano das eleições

Estamos todos virando black blocs

“Se não saímos mascarados nas ruas, ficamos escondidos em casa, atrás de pseudônimos, a usar nossos teclados para agredir as pessoas. Postando na rede os nossos coquetéis molotov. Quebrando dali as nossas vidraças”

Sobrou até para o absorvente da Marília Pêra

Censores não perdoaram nem comercial estrelado pela atriz em 1973. A grande novidade anunciada era apenas um absorvente íntimo com adesivo. Ditadura considerou o anúncio uma afronta à moral e aos bons costumes

A mente poluída do secretário do Meio Ambiente

Além dos censores, outros agentes públicos também se sentiam no direito de sugerir intervenções nas propagandas. Um secretário do Ministério do Interior quis retirar do ar um comercial da Ellus, mas não conseguiu graças à atuação do Conar

Censura temia por propaganda de cuecas e calcinhas

Censores queriam reprimir propaganda de cuecas por temer que elas levassem a anúncios de calcinhas, impensáveis na época

Sem pausa para o comercial

A tesoura da ditadura não perdoou nem a propaganda. Com base na Lei de Acesso à Informação, a Revista Congresso em Foco acessou e revela aqui os arquivos secretos da censura a peças de publicidade durante o regime militar

A censura sufocou a publicidade brasileira por duas décadas. Mas até hoje pouco se sabe sobre essa história

Tesoura da censura não perdoou nem a propaganda

Com base na Lei de Acesso à Informação, a Revista Congresso em Foco acessou e revela os arquivos secretos da censura a peças de publicidade durante o regime militar. Confira alguns desses casos

Até breve!

“Quem sabe chegue o dia em que Itararé, no Brasil, venha a ser apenas mesmo o nome de um velho humorista?”

Na CPI, o carro desembestado atropelou o relator

“Ao aceitar retirar os ataques aos jornalistas e a Roberto Gurgel, Odair rifou do relatório exatamente tudo aquilo que o PT queria que ficasse. No final, o relator ficou mal com todo mundo”

Como se produz uma onda

“O autoritarismo pode vir de onde menos se espera. E com uma velocidade perturbadora. É o que mostra uma produção alemã de 2008”

Para associação dos magistrados, sociedade amadureceu e repudia ações contrárias à lei

Magistrados também rebatem PT sobre mensalão

Depois da Associação dos Juízes Federais, Associação Nacional dos Magistrados Estaduais sai em defesa do STF por seu posicionamento na Ação Penal 470

Para os advogados, a determinação de Joaquim Barbosa de reter os passaportes dos condenados precisa ser referendada pelo plenário

Defesa de Dirceu recorre de recolhimento de passaporte

Os advogados do ex-ministro da Casa Civil e do ex-dirigente do Banco Rural José Roberto Salgado querem que o plenário do STF referende ou não a determinação de Joaquim Barbosa

Para a associação dos juízes federais, os princípios constitucionais estão sendo respeitados no julgamento do mensalão

Juízes contestam nota do PT sobre o mensalão

Em nota pública, Associação dos Juízes Federais do Brasil defende o STF e afirma que o julgamento pauta-se pelos princípios constitucionais e que todas as condenações têm fundamento

Muito prazer, Brasil

“O brasileiro identificou-se em Lula e, a partir daí, começou a construir o seu país. E nem sempre da forma como o próprio Lula gostaria”

O troféu entregue aos melhores parlamentares, criado pela artista plástica Suzana Gouvêa

Em fotos, o Prêmio Congresso em Foco 2012

Aos que foram, recordação. Para quem não foi, o registro da noite. Veja aqui as fotos que contam como foi a edição deste ano da festa que premia os melhores parlamentares do país

O inusitado dueto entre Tiririca e Suplicy ganhou as páginas dos principais jornais e portais do país

Prêmio Congresso em Foco vira notícia em todo o país

A festa de premiação dos melhores parlamentares de 2012, especialmente pelo dueto entre Suplicy e Tiririca, tornou-se destaque nos principais jornais e portais do país

suplicy_paulonegreiros

No plenário, Suplicy agradece pelo Prêmio Congresso em Foco

Em aparte, Cristovam Buarque disse que ser segundo de Suplicy “vale mais que ser primeiro, dependendo de com quem concorra”

Publicidade Publicidade