Quarta, 29 de Março de 2017

Todas as postagens de Pedro Valls Feu Rosa

Uma homenagem aos aleijados do Iraque

Religião e ideologia são os álibis de uma guerra que produziu mais de 3 milhões de mutilados e 100 mil civis mortos no Iraque, diz Pedro Valls Feu Rosa

Continue lendo...

A polêmica oração do pai de Bob Russell

“Nós temos adorado outros deuses e chamado a isto diversidade cultural e espiritualidade dos novos tempos. Nós temos cometido adultério e chamado a isto um caso. Nós temos aprovado a perversão e chamado a isto estilo de vida alternativo”

Uma homenagem às cobaias do Butão

Diante da notícia de que dezenas de crianças do país asiático morreram após tomar uma vacina não devidamente testada, articulista se solidariza com todas aquelas cujo único pecado foi nascer em um país do Terceiro Mundo

Os camundongos, o Saara, os fósforos e o SIRCFFSTETT

“Somos campeões em papéis e siglas”, diz colunista ao mostrar como a burocracia se tornou um dos principais vilões ao desenvolvimento econômico do país

A espantosa loucura dos animais

Quando o ser humano é mais animalesco que cachorros, patos, peixes, cabras… Não é por acaso que 42% dos cães têm algum problema de comportamento e 77% tomam medicamentos, diz autor

Deu a louca no capitalismo

Figurante para fazer número em casamento e velório, empresa que vende ingresso para o paraíso. Negócios bizarros mostram a que ponto chegou o capitalismo, espanta-se colunista

A cada 100 segundos, uma chacina de Herodes

“Atualmente, nosso planeta produz alimentos em quantidade suficiente para sustentar todos os seus habitantes. No entanto, 963 milhões de semelhantes nossos estão desnutridos”

Hegel, o extrativismo e a próxima geração

“Nossas riquezas continuam a ser exportadas dia e noite, sob ritmo alucinante e a preço de banana, em troca de produtos os mais básicos”, diz colunista ao alertar para o iminente esgotamento das jazidas brasileiras

Minha culpa, minha tão grande culpa

Colunista descreve lições de humildade pelo mundo afora e lamenta que vários homens públicos insistam em dar veracidade à máxima de Millôr: “Errar é humano; botar a culpa nos outros também”

Uma conta muito fácil de entender

“A cada dia morrem 20 crianças no Brasil, vítimas de doenças causadas pela falta de um simples esgoto ou de água tratada – isto dá uns três Airbus lotados de crianças caindo por mês”

Apocalypse now

“O Exército dos EUA em guerra perde 53,67 soldados por dia. Já o Brasil, usufruindo de uma paz absoluta, perde 119,46 habitantes assassinados por dia – mais que o dobro!”

Os caminhos da humanidade

“Não nos iludamos: cada brasileiro que está pelas ruas, malgrado abordando temas pontuais, grita na verdade contra toda esta discriminação que sofre em seu próprio país”

As vítimas de crimes pelo mundo afora

Colunista volta que vários países no mundo possuem leis para amparar pessoas que tenham sido vítimas de crimes

Que bom seria se aquelas leis tivessem pegado!

“Calculou-se, em 2007, que o Brasil tem incríveis 181 mil leis. Não será através de mais leis que resolveremos o problema do descumprimento delas”

Nossa geração e o Brasil do futuro

“Vivemos em um país embrutecido, no qual são gastos US$ 16 bilhões a cada ano só com a criminalidade, e achamos ingenuamente que ‘as vítimas é que deram bobeira’”

A Guerra do Afeganistão e a América Latina

O valor gasto com três porta-aviões norte-americanos no Afeganistão e com armas na América Latina daria para levar saneamento básico a todos os cidadãos dessas duas regiões

Uma boa notícia para as vítimas de crimes

Colunista trata da lei, instituída em 2009, que prevê indenização para quem sofrer violência. Só que a regra não vale no Brasil, mas sim em Portugal

O Estado, o povo e a saúde

A cada ano a malária mata na África 875 mil vidas que poderiam ser salvas por mosquiteiros. “Exagero dizer que são assassinadas pelo Estado?”, pergunta Pedro Valls Feu Rosa

O casamento dos loucos

Alemão aluga mulher em troca de cerveja. Inglês põe esposa à venda. Mulheres matam por amor e ódio. Na Espanha, livro ensina a bater sem deixar marcas. É a insanidade dos casais em escala global

O valor das indenizações de lá e de cá

“Dada uma ‘globalização’ trombeteada aos quatro ventos, não dá para entender o motivo de os consumidores do Terceiro Mundo serem tão menos iguais que aqueles do Primeiro Mundo”

O orgulho de ser brasileiro

“A visão desfocada das nossas elites tem criado um Brasil que reserva aos estrangeiros o melhor de sua paciência, compreensão e generosidade. Já aos seus filhos mais humildes, reserva-se um sentimento que gravita entre a vergonha e a indiferença”

Que país é esse?

Colunista relata as dificuldades sofridas pelos aposentados na Inglaterra. Também lá, em um dos mais ricos países do mundo, só se respeita os mais velhos “quando eles vêm engarrafados”

Eu e você temos que melhorar

“Cada um vigia sempre o seu vizinho, espreita se ele cai, e tripudia, espreita se ele sobe, e inveja-o. Trava-se um combate em que o mais cruel, o mais forte, o mais canalha, é que triunfa”

Uma comédia que não é divina

Contribuinte brasileiro, deixe para trás suas esperanças. No lugar dela, a burocracia pátria o brindará com incompetência, desrespeito e uma das maiores cargas tributárias do mundo

Publicidade Publicidade