Todas as postagens de Pedro Valls Feu Rosa

“Corrupção, não!”: diante do Congresso, o palco dos corruptos, jovens expõem insatisfação social em letras garrafais

Firmeza e calma – passividade e conivência diante da desfaçatez dos corruptos

“Muitas de nossas autoridades, ocupadas demais para concederem o favor de uma audiência a um pobre miserável, dificilmente recusam seus tempos a um grande corrupto”

Continue lendo...
jovens-em-luta

Atordoados diante do fracasso, esquecemos que não é o tempo de Deus

Ao longo das últimas décadas, “fomos às ruas clamando pelo fim da corrupção, pedindo eleições justas, combatendo o coronelismo, denunciando a tortura e lutando por justiça”

A cada 30 segundos a malária ceifa a vida de alguma criança pelo mundo afora

Herodes resiste: a cada cinco segundos morre uma criança de fome

“A cada 30 segundos a malária ceifa a vida de alguma criança pelo mundo afora. No nosso país, a cada dia, 20 crianças morrem por conta de doenças causadas pela falta de um simples esgoto sanitário”

“The Mona Lisa”

Crise anunciada – a urgência da atenção às ruas

“Estamos em meio a um considerável processo de enfraquecimento de nossas instituições – a quem duvidar disso, sugiro ir às ruas e perguntar àquela senhora chamada ‘opinião pública’”

Pinóquio e seu criador, Gepeto: símbolo universal da mentira

Conta mentirosa – a realidade que os números (e as autoridades) escondem mundo afora

“Busquei colher exemplos de como se faz o povo de idiota, digo, de como se maquiam os números. Descobri até casos nos quais homicídio foram registrados como ‘morte decorrente de causas indeterminadas’”

"Que sua cegueira não o impeça de ver o pânico dos moradores, materializado em grades e alarmes"

Acontece a 3 km de suas residências

“Ofusque sua vista com o brilho das fachadas de vidro sob a luz do sol – mas que sua cegueira não o impeça de ver o pânico dos moradores, materializado em grades e alarmes, diante da audácia de criminosos gerados a apenas 3 km”

Cano necessário – o desdém do Brasil pelo saneamento básico

“Saneamento básico somente chegará a todos os brasileiros após 2050. Já imaginou quantos brasileirinhos mais morrerão até lá?”

Educação básica

“Vamos a alguns números: entre 1980 e 2012, a proporção de empregos que exigem conhecimentos teóricos aumentou 5% e a oferta de funções meramente repetitivas caiu 10% – em contraste com a quantidade de empregos que demandam sociabilidade, que subiu 15%”, destaca Pedro Valls Feu Rosa

Fotosearch_k16287860

Pagando a conta: “Prenda os suspeitos de costume”

“Não há capacidade gerencial para combater a criminalidade. Reduzir a corrupção virou tarefa da mitologia grega. Falta competência para diminuir a burocracia. E, no que toca aos benefícios fiscais… que fiquem em paz! Diante da crise, sobrou para o povo”

Saneamento básico evitaria mortes

Coração partido

A informação seguinte veio da Organização Mundial da Saúde: anunciou-se que 40% de todos os tratamentos de saúde no mundo são proporcionados por organizações religiosas. Diante de um número tão sério, seria o caso de se perguntar: cadê o Estado?

Themis 5782

Juiz dos homens

Pedro Valls destaca resultados de pesquisas sobre atuação de juízes diante de alterações emocionais ou físicas. “A propósito deste quadro, data de 1930 uma interessante frase proferida pelo filósofo e juiz norte-americano Jerome Frank: ‘justiça é o que o juiz comeu no café da manhã’”, pondera

x

As instituições

“Eis aí uma grave crise que flagela a humanidade: a institucional. Contemplem o mundo, e percebam que mais da metade de sua população já não confia plenamente nas instituições de seus países – seja naqueles mais miseráveis e primitivos ou nos mais ricos e sofisticados”

Na África, milhões de trabalhadores morrem todo ano pela falta de políticas trabalhistas

Mal do dinheiro

“No planeta das corporações gigantescas controladas por empregados que desconhecem limites, milhões perdem suas vidas em guerras causadas pela ganância de empresas que não desejam pagar o preço justo por recursos naturais”, critica Pedro Valls Feu Rosa em seu novo artigo

s

A rota da lesma

Enquanto começa a operar uma ferrovia que liga a China à Inglaterra, cortando sete países ao longo de 12 mil km, o Brasil avança a passos de lesma, com 70% de suas cargas transportadas em “sangrentos matadouros”, critica desembargador

Pesquisa constata que quase metade dos casos de violência contra moradores de rua não são denunciados

O sino de Belém

“O que de mais chocante constatou-se foi mesmo a falta de sentimentos humanos de larga parcela da população – das pessoas comuns, pois. Aliás, talvez esteja aí a explicação da omissão estatal”

Passado incerto

“Você construiria sua vida em um país no qual regras e metas são alteradas em ritmo frenético? Você confiaria seu destino a um Estado cujas instituições, leoas implacáveis diante dos erros dos fracos, são carneiras submissas perante aquela ‘audácia dos canalhas’”

Autor

Globalização… A quem interessa?

“O noticiário não cessa de enumerar os encantos e vantagens do livre-comércio e da queda de barreiras”

Tony Winston/Agência Brasília

Sem riquezas naturais, Suíça não sofre com racionamento de água, ao contrário do Brasil

“Enquanto no país europeu ”usinas hidroelétricas reversíveis têm um papel importante para garantir um suprimento estável de eletricidade em períodos de falta de água’”, Brasil depende de chuva para que as torneiras não sequem

Apocalypse Now/Reprodução

Exército brasileiro, em paz, tem o dobro de mortes do americano, em guerra

“Tropa norte-americana perde uma média de 53,67 soldados por dia. Já o Brasil, em paz, perde 119,46 habitantes assassinados por dia”

Colunista

Je suis Bukavu!

“Incorporado está o grito de ‘je suis’ à rotina a cada dia mais conflituosa da humanidade. Eu só ainda não entendi bem o motivo de ele somente ser aplicado às vítimas de países ricos. Será que os miseráveis não merecem a nossa solidariedade?”

Autor cita escritor francês: “Quando se está preso, o pior é não poder fechar-se a porta”

A fuga para a prisão – Cárcere como opção de sobrevivência

Casos de quem não tinha alternativa e provocou a própria detenção. “Richard dirigiu-se a um banco, falou que estava armado, exigiu que a caixa lhe desse US$ 1, sentou-se em uma cadeira e aguardou até ser preso – para, finalmente, ser tratado”

Pedro Valls: a ditadura do politicamente correto

“De uns tempos para cá, todos parecem ter a mesma opinião sobre tudo – e pobre de quem ousar ser ‘diferente’. Seja sobre conceitos básicos do cotidiano, acerca dos grandes problemas nacionais ou até mesmo no que toca à realidade vivida pela humanidade, vivemos em uma era de censura e alienação”

Ainda somos primitivos para tanta tecnologia, diz Pedro Valls

O mundo perfeito – Por que não estamos prontos para certo nível de tecnologia

Nossos “primitivos corações” não acompanham a evolução das máquinas, diz autor. “Começamos a chegar a um admirável mundo novo. Mas estamos preparados para ele? Minha resposta – que me perdoem os entusiastas pela tecnologia, dentre os quais me incluo – é não”

Pedro Valls pede perdão às crianças, principais vítimas da perversão humana

Longe dos olhos, longe do coração – Um pedido de desculpa às crianças vítimas da barbárie sexual

Autor menciona diversos casos de abuso sexual e, ao lamentar os rumos da humanidade, recorre a pensadores como Thomas Jefferson. “Temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo”

Publicidade Publicidade