Sábado, 29 de Abril de 2017

Todas as postagens de Mario Coelho

Após solicitação de Eduardo Cunha, Mesa Diretora desarquivou os projetos

Câmara desarquiva projetos sobre discriminação contra heterossexuais

Duas propostas de autoria do presidente da Casa, Eduardo Cunha, voltaram a tramitar após arquivamento por falta de votação. Uma estabelece o “dia do orgulho hetero” e o outro prevê penas para quem recusar serviços a casais de sexos diferentes

Continue lendo...
Picciani foi eleito com o voto de 34 deputados; Lúcio Vieira teve 33

Deputado do ‘Aezão’ é eleito líder do PMDB na Câmara

Leonardo Picciani foi um dos articuladores do apoio à candidatura presidencial do senador Aécio Neves no Rio de Janeiro. Ele venceu por apenas um voto Lúcio Vieira Lima, que tinha apoio dos peemedebistas do nordeste e do sul

Ex-presidente da Câmara Henrique Alves acompanhou votação da PEC do plenário

Câmara aprova execução obrigatória de emendas parlamentares

Após analisar em segundo turno a PEC do orçamento impositivo, deputados rejeitaram destaque para retirar o escalonamento de recursos para a saúde. Sem modificações no texto, proposta segue para promulgação do Congresso

Dilma e Lula saíram em defesa da Petrobras na reunião do diretório do PT

Petrobras não é ‘vergonha’ para o Brasil, diz Dilma

Em discurso na comemoração de 35 do PT, presidenta defendeu apuração e punição dos envolvidos em casos de corrupção. Já Lula afirmou que PSDB tentou destruir a estatal e rejeitou denúncias contra o partido

Para Caiado, troca de presidente na Petrobras tem como objetivo blindar Dilma e Lula

Escolha ‘caseira’, diz oposição sobre Bendine

Oposicionistas acreditam que confirmação do ex-presidente do Banco do Brasil no comando da Petrobras não atende às necessidades da estatal. Repercussão negativa do mercado, acrescentam, reforça a crítica ao novo chefe da petrolífera

Pelo regimento da Câmara, até cinco CPIs podem funcionar de forma simultânea

Câmara tem fila com sete pedidos de comissões de inquérito

Além da comissão da Petrobras, criada nesta quinta-feira, Mesa Diretora ainda analisa requerimentos de investigação apresentados por governistas e oposição. Pelo regimento, apenas cinco podem funcionar ao mesmo tempo

Ato de criação da CPI da Petrobras foi lido por Eduardo Cunha na manhã de hoje

Câmara cria CPI para investigar denúncias na Petrobras

Ato para formalização da comissão parlamentar de inquérito foi lido nesta quinta-feira pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha. Colegiado será composto por 54 deputados e terá a missão de investigar atos entre 2005 e 2015

Câmara passará a ter sessões nas tardes de quinta-feira após o carnaval

Cunha manda cortar abono de faltas por missão partidária

Orientação do presidente da Câmara à Secretaria-Geral da Mesa é que não sejam aceitas mais justificativas de deputados fora do previsto no regimento interno da Casa. Ideia é forçar a presença dos parlamentares às quintas-feiras

Eduardo Cunha deve assinar ato de criação da CPI da Petrobras nesta quinta

Câmara analisa criação de cinco comissões de inquérito

Além da Petrobras, que deve ser formalizada amanhã, deputados querem mais investigações. Pedidos de governistas podem inviabilizar novos requerimentos da oposição, como dos fundos de pensão, do BNDES e do sistema elétrico

Tiririca foi um dos 52 membros de partidos aliados a assinar a CPI da Petrobras

Tiririca e 51 governistas assinam CPI da Petrobras

Após conferência pela Mesa Diretora da Câmara, requerimento ficou com 182 assinaturas, nove a mais que o mínimo necessário e quatro a menos do que o divulgado pela oposição. No total, 52 aliados de Dilma Rousseff apoiaram a criação da comissão

Pauta trancada na Câmara favorece Kassab

Prioridade em análise de projeto sobre biodiversidade segura votação de proposta que inviabiliza criação de novo partido governista articulada pelo ministro das Cidades. Sem acordo, discussão sobre fusão de legendas deve ficar para depois do Carnaval

Oposição foi mais rápida que o governo na coleta de assinaturas para CPIs

Com apoio da base, oposição apresenta CPI da Petrobras

Pedido protocolado na Câmara tem 186 assinaturas de deputados, sendo 53 de parlamentares governistas. Intenção é investigar as denúncias não analisadas na comissão mista encerrada em dezembro passado

Fontana e Pepe Vargas atuaram na campanha derrotada de Chinaglia (direita)

Efeito Cunha: governo troca liderança na Câmara

Após a derrota na eleição da Mesa Diretora, Palácio do Planalto mudou o comando da articulação política na Casa. Desgastado após a derrota de Arlindo Chinaglia, Henrique Fontana será substituído pelo petista José Guimarães

Aloizio Mercadante entregou a mensagem presidencial de 2015 ao Congresso

Dilma defende medidas econômicas e rejeita recessão

Na mensagem enviada ao Congresso Nacional, presidenta fez um balanço dos quatro anos do primeiro mandato e repetiu as propostas apresentadas no ano passado sobre reforma política e combate à corrupção

Cunha recebeu 267 votos dos colegas, desempenho inferior a Henrique Alves em 2013

Câmara elege Eduardo Cunha em primeiro turno

Apesar do desempenho inferior ao esperado pelos seus correligionários, vitória deixou o PT fora da Mesa Diretora para o próximo biênio. Cunha rejeitou retaliação contra o Executivo por conta da pressão do Planalto nos aliados

Os candidatos inscritos na eleição da Mesa Diretora da Câmara

Com a formação de blocos partidários, frente encabeçada pelo PMDB terá o direito de indicar os candidatos para outras cinco posições na Casa. Para ser eleito, é preciso maioria absoluta dos votos entre os presentes

Com a definição dos blocos partidários, PMDB e aliados terão os principais cargos

PMDB pode ter presidência e cinco cargos na Mesa

Com a formalização de um bloco com 14 partidos, peemedebistas têm direito, pela proporcionalidade, à preferência nos cargos e comissões mais importantes na Câmara. Sem o PDT, frente encabeçada pelo PT terá três escolhas

Eduardo Cunha e Arlindo Chinaglia disputam apoios na base e na oposição

Formação de blocos acirra disputa entre PT e PMDB

Petistas e peemedebistas buscam apoio de partidos na tentativa de tirar o adversário da composição da Mesa Diretora da Câmara. Disputa entre Eduardo Cunha e Arlindo Chinaglia pode resultar em problemas para a articulação de Dilma

Aécio Neves participou da reunião das bancadas do PSDB em Brasília

Aécio enquadra deputados do PSDB por Júlio Delgado

Reunião em Brasília manteve o apoio oficial do partido ao candidato do PSB à presidência da Câmara. Senador mineiro tenta convencer deputados a resistir às investidas de Eduardo Cunha aos parlamentares tucanos

Com possibilidade de dissidências, tucanos tentaram mostrar apoio a Júlio Delgado

Cúpula tucana age para conter infidelidade na Câmara

Líderes antecipam coleta de assinaturas para a formação de um bloco para evitar debandada da candidatura de Júlio Delgado. Nos bastidores, deputados se dividem entre marcar posição oposicionista ou derrotar o PT no primeiro turno

Grupo de Cunha acredita que pressão do governo pode ser favorável a ele

Pressão do Planalto enfraquece Chinaglia, diz Cunha

Peemedebista e aliados avaliam que ofensiva de ministros em favor de Chinaglia e acordos assumidos por ele com partidos da base dificultam eleição de petista. A quatro dias da disputa, PT aposta em novas adesões

Na defesa, advogado de Youssef afirmou que o doleiro não tinha participação na fase final do esquema

Youssef diz que pagava propina a mando de políticos

Na defesa entregue hoje à Justiça Federal, doleiro afirmou não ter atuado isoladamente no esquema de desvio de dinheiro montado na Petrobras. Advogado acrescenta que ele não tinha poder para favorecer ninguém dentro da estatal

Chico Alencar foi candidato à presidência da Câmara em 2011 e 2013

Psol lança Chico Alencar para a presidência da Câmara

Candidatura busca marcar posição no Legislativo pelo resgate da ética na política e a defesa de uma pauta na defesa dos trabalhadores. Nome de Chico se junta na disputa a Eduardo Cunha, Arlindo Chinaglia e Júlio Delgado

Chinaglia agora conta com o apoio formal de PT, PSD, PCdoB e Pros

PSD anuncia apoio a Chinaglia e formação de bloco

Partido criado pelo ex-prefeito e atual ministro das Cidades, Gilberto Kassab, decidiu entrar na campanha do petista para a presidência da Câmara. Com nova adesão, disputa pelo cargo fica mais embolada

Publicidade Publicidade