Quarta, 29 de Março de 2017

Todas as postagens de Marcus Pestana

De Tancredo e a Nova República à crise atual

“Os valores democráticos e republicanos correm risco. Contra a corrupção institucionalizada e em defesa da democracia é que a sociedade foi às ruas ontem, como verdadeira homenagem a Tancredo, Ulysses, aos brasileiros das Diretas Já”, diz deputado

Continue lendo...

Reforma política: mitos e realidade

“O atual sistema se esgotou”, afirma deputado, defendendo que a sociedade e seus representantes definam já um novo modelo de representação política para o país

Tempos bicudos e preocupantes: aprofunda-se a crise

“A presidente Dilma passa a ideia de um verdadeiro estelionato eleitoral, desmentindo, dia após dia, o discurso de campanha. Demonstra sua inaptidão para o cargo e uma inabilidade monumental”

Reforma política: de volta ao começo

Instalação da comissão especial que vai votar mudanças no sistema político-eleitoral brasileiro cobra atenção da sociedade civil, diz deputado tucano. “Não tenhamos dúvidas que é sempre possível piorar”

Petrobras, do sonho ao abismo

“De meses para cá, a Operação Lava Jato trouxe à tona o maior escândalo da historia brasileira, envolvendo bilhões de reais desviados para financiamento do PT e seus aliados e para enriquecimento ilícito de uns poucos”

Pimentel ficará com Dilma ou com Minas?

“O PT de Minas agora vai sentir na carne os efeitos da postura do governo federal. Mas é preciso diferenciar joio e trigo, a situação de Minas é muito melhor do que, por exemplo, a deixada pelo PT no Distrito Federal”, diz deputado tucano

Propriedade, democracia e Constituição

Sobre as primeiras semanas do segundo mandato de Dilma Rousseff: “A marca inicial é a de uma equipe sem norte estratégico, batendo cabeças precocemente, gerando angústias e incertezas, ao invés de confiança”, escreve colunista

Sobre quadrilhas, pobres, verdade e democracia

Deputado fala sobre a “centralidade da agenda ética” no Brasil atual e o valor dos conceitos de idoneidade e credibilidade. “Honestidade não é qualidade, é obrigação, diziam nossos pais”

Gastar ou não gastar: eis a questão

Deputado reflete sobre os rumos da política fiscal a partir de 2015 e provoca: “Vamos ver quem ganha a queda de braço: o ‘conservador’ Levy ou nossa voluntarista ‘progressista’ Dilma”

Que seja bem-vindo o governador Fernando Pimentel

“Os últimos 12 anos ficarão para a história como virtuoso período da administração pública mineira. O Brasil inteiro aprendeu a ter Minas como referência e o reconhecimento de organismos internacionais”

O que nos reserva 2015?

“Tivemos a mais polarizada eleição presidencial. A semente plantada nas jornadas de rua de junho de 2013 renasceu revigorada. Hoje temos uma oposição fortalecida e uma opinião pública inquieta e atenta.O cenário para 2015 é sombrio. Uma combinação explosiva entre crise econômica profunda, o maior escândalo da história brasileira e a população cada vez mais consciente nas ruas”

Política, moral e ética: o desafio brasileiro

“Muitos assaltaram bancos, sequestraram embaixadores e cometeram crimes em nome de uma suposta boa causa. Financiar um projeto político pela corrupção certamente não é uma boa causa”, diz deputado tucano

Crise fiscal reposta e desequilíbrio federativo

Para deputado, governo federal promove “estrangulamento fiscal” em estados e municípios. “A retomada das discussões em torno da reforma tributária e fiscal e de um novo pacto federativo é um imperativo imposto pela realidade”

Delenda reforma política: respostas

Colunista defende mudança no sistema eleitoral brasileiro aliada à medidas adicionais como limite ao financiamento por empresas e cláusula de barreira para os partidos políticos

Delenda reforma política: agora vai?

Para colunista, atual sistema possui quatro problemas principais: não gera vínculos com a sociedade, as campanhas são caríssimas – o que facilita a corrupção -, não fortalece os partidos e mina a boa governança

A qualidade das instituições e o golpe da LDO

Dilma usa Congresso para anistiar sua irresponsabilidade fiscal, diz deputado tucano. “Estamos esculhambando um conceito clássico universal que é o de superávit primário.”

Os descaminhos da política econômica brasileira

A revisão da meta fiscal é um dos sintomas da deterioração da economia do país, acredita colunista. “Não há confiança no ambiente macroeconômico, na estabilidade de regras e na consistência da política econômica”

O dia seguinte e os próximos quatro anos

“As bombas de efeito retardado plantadas por seu governo cobrarão a fatura. É o efeito bumerangue consequência da péssima gestão na economia e do maior escândalo da história republicana envolvendo a Petrobras”

Cemig, Aneel e Pimentel: a verdade e sua distorção

“Por mais que o PT faça contorcionismo, a decisão de fixação do percentual de reajuste de tarifas elétricas é atribuição da Aneel”

A história brasileira tem as digitais de Minas

“É 21 de Abril, dia de reavivar o histórico compromisso de Minas com o Brasil. Em Ouro Preto, ecoará a voz de Minas mais uma vez instando o país a mudar de rumo!”

Petrobras, CPI e modelo de gestão

“A Petrobras talvez seja o maior exemplo vivo e acabado do modelo de gestão ineficiente e superado do governo de Dilma e do PT, que ergue um monumento à ineficiência, ao patrimonialismo e à incompetência”, diz deputado tucano

Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós

“Numa América Latina que vê renascer experiências populistas e autoritárias, que agridem as liberdades fundamentais do ser humano, é preciso encher os pulmões e gritar: ditadura, autoritarismo, repressão, tortura, nunca mais!”

Intervencionismo e ideologia

“O país não resistirá impunemente a mais quatro anos de intervenções atrapalhadas e de ideias fora de lugar em mundo globalizado”

As eleições e o modelo de intervenção do Estado

Para deputado tucano, o Brasil corre risco de perder conquistas das últimas décadas por causa do voluntarismo da presidenta na política monetária, do alinhamento internacional equivocado e da expansão insustentável do gasto público no atual governo

Publicidade Publicidade