Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

Todas as postagens de Marcus Pestana

Em defesa da política e da vida pública

É urgente recuperar a política para o interesse público e para a ética. Libertar a política da corrupção e da mediocridade. Acreditar no caráter humano, pois como desafiou Lincoln, “… se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder”

Continue lendo...

Futebol: espetáculo, negócios e responsabilidade

“Os tempos do amadorismo e do ‘amor à camisa’ se foram. O futebol deixou de ser campo da ingenuidade presente nos dribles e fantasias de um Garrincha e virou, sobretudo, business”

Há luz no final do túnel?

“Dilma e o PT não estão acima da Constituição. Para nós, impeachment não é objetivo nem desejo, mas também não é palavra proibida. Golpismo é achar que o maior escândalo da história brasileira passará impune”

A nau sem rumo: Dilma no volume morto

“O governo Dilma precocemente acabou. A realidade exige uma mudança profunda. Lula, Dilma e o PT não são fonte de soluções. Alguma coisa terá que acontecer. Só o destino sabe quais serão os caminhos para a mudança necessária”, diz deputado tucano

Pedaladas fiscais e responsabilidade

Segundo o deputado Marcus Pestana, ‘Dilma, Lula e o PT rasgaram o conceito e a Lei da Responsabilidade Fiscal. Além de ampliarem sem limites os gastos, utilizaram de um expediente ilegal que ficou conhecido como pedaladas fiscais’

Maioridade penal: polêmica e distorções

De acordo com o deputado federal Marcus Pestana, ‘ é preciso esclarecer que, embora as estatísticas sejam precárias, as evidências apontam que o número de crimes cometidos por adolescentes são um percentual muito pequeno do total’

Natureza e características do ajuste fiscal

Segundo o deputado federal e presidente do PSDB de Minas, Marcus Pestana, ‘desequilíbrio nas contas públicas não caiu do céu, nem veio com o vento. Foi fruto dos equívocos da política econômica do PT’

Réquiem para a reforma política

“O resultado das votações da semana passada na Câmara produziu uma caricatura, um arremedo de reforma. Mudanças pífias, uma não reforma, uma reforminha que não merece o nome. Ou seja, todos acham que há uma necessidade urgente de mudar, mas tudo continuará como está”

Reforma política: a hora da verdade (III)

Integrante da comissão especial da reforma política, deputado diz que não há como prever o texto que será aprovado pela Câmara esta semana. “Temos uma chance de ouro, talvez a última, de melhorar nosso desenho institucional e o processo decisório”

Reforma política: a hora da verdade (II)

“Caminharemos para o financiamento misto com regras rígidas de controle e transparência. O orçamento público continuaria bancando o horário de rádio e TV, as despesas da Justiça Eleitoral e o Fundo Partidário, as pessoas físicas doariam para os candidatos e as empresas para os partidos”

Reforma política: a hora da verdade (I)

“O sistema brasileiro atual produz uma distância abissal entre a sociedade e sua representação, campanhas caríssimas e o enfraquecimento dos partidos políticos – instituições cheias de defeitos, mas imprescindíveis na democracia”, diz deputado

O lugar do fato

De acordo com o deputado federal e presidente do PSDB de Minas Gerais, Marcus Pestana, Aécio não utilizou aeronaves do governo de Minas Gerais na condição de ex-governador, mas, sim, no exercício do cargo de senador pelo Estado

Klauss Vianna, um teatro que merece viver

Decisão do Tribunal de Justiça de desapropriar um dos principais teatros de Belo Horizonte para transformá-lo em mero auditório de sua sede representa um grave retrocesso na cena cultural da capital mineira, diz deputado

Terceirização: polêmica e desinformação

Deputado tucano defende regulamentação das terceirizações e critica rigidez do mercado de trabalho brasileiro. Para ele, projeto aprovado na Câmara trará tranquilidade a trabalhadores e empregadores

“Vada a bordo, governador Pimentel”

“Foi assim que o senador Aécio Neves finalizou sua entrevista coletiva no último dia 10 de abril, quando se completavam 100 dias dos novos governos do PT de Dilma e Pimentel. Lembrava Aécio do naufrágio do navio Costa Concordia”

Inovação, empreendedorismo e desenvolvimento

Brasil está atrasado na criação do ecossistema adequado para a integração entre governo, iniciativa privada e academia e na transformação do conhecimento inovador em mola propulsora do desenvolvimento, diz deputado

Civilização e barbárie

“A liberdade e a civilização correm risco. A resposta à barbárie tem que ser firme. À intolerância do fanatismo temos que responder com a reafirmação dos valores da tolerância cultural e religiosa”

Ainda sobre a crise atual: a caminho do impasse

“É difícil aderir àqueles que subestimam a crise e oferecem uma visão cor-de-rosa da realidade. Não, a situação é grave e delicada, e um impasse se avizinha. Estamos entrando num turbilhão sem luz no final do túnel. O desfecho é imprevisível”

Pela democracia e contra a corrupção: mudança já!

“Impeachment não é objetivo ou ponto de partida. É ferramenta institucional para a solução de impasses políticos. Nada nos move além da defesa dos valores fundamentais da ética e da honestidade. Não há golpismo quando se defende a democracia e um Brasil decente”

De Tancredo e a Nova República à crise atual

“Os valores democráticos e republicanos correm risco. Contra a corrupção institucionalizada e em defesa da democracia é que a sociedade foi às ruas ontem, como verdadeira homenagem a Tancredo, Ulysses, aos brasileiros das Diretas Já”, diz deputado

Reforma política: mitos e realidade

“O atual sistema se esgotou”, afirma deputado, defendendo que a sociedade e seus representantes definam já um novo modelo de representação política para o país

Tempos bicudos e preocupantes: aprofunda-se a crise

“A presidente Dilma passa a ideia de um verdadeiro estelionato eleitoral, desmentindo, dia após dia, o discurso de campanha. Demonstra sua inaptidão para o cargo e uma inabilidade monumental”

Acabou a folia, de volta à realidade: impeachment, crise e perspectivas

“Não há notícia boa no front econômico. Do crescimento zero ao naufrágio de nossa maior empresa, as expectativas se deterioram. A credibilidade da Presidente Dilma despenca como bem demonstrou a última pesquisa Datafolha. Não é para menos.”

Reforma política: de volta ao começo

Instalação da comissão especial que vai votar mudanças no sistema político-eleitoral brasileiro cobra atenção da sociedade civil, diz deputado tucano. “Não tenhamos dúvidas que é sempre possível piorar”

Publicidade Publicidade